Três cães resgatados de poço com sete metros em Guimarães, Portugal

Três cães resgatados de poço com sete metros em Guimarães, Portugal

Os Bombeiros Voluntários das Taipas resgataram três cães de caça que tinham caído a um poço com sete metros de profundidade, ontem à tarde, em Prazins Santo Tirso, no concelho de Guimarães.

Os animais estavam com o dono num domingo de caça quando deixaram de ser vistos. O dono apercebeu-se que estavam num poço com sete metros de profundidade na rua 1º de Maio da freguesia de Prazins Santo Tirso, e alertou as autoridades.

A equipa de grande ângulo dos Bombeiros das Taipas iniciou, então, uma operação que demorou mais de duas horas, entre as 16.30 horas e as 18.40 horas, que culminou com a retirada dos cães sãos e salvos.

“Foram retirados com recurso a cintas e foram puxados em segurança”, disse Rafael Silva, comandante dos Bombeiros das Taipas. A corporação mobilizou quatro elementos num veículo e, após o resgate bem sucedido, os animais foram entregues ao dono.

Esta não é a primeira vez que os bombeiros são chamados a realizar resgates de animais naquele poço. Por se tratar de um perigo para a segurança de pessoas e animais, a Câmara Municipal de Guimarães foi avisada do risco que aquele poço representa.

Por Delfim Machado

Fonte: Jornal de Notícias / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.