Tubarão-martelo, dez raias e um tatu são apreendidos em residência de Itapema, SC

Tubarão-martelo, dez raias e um tatu são apreendidos em residência de Itapema, SC

Na noite desta segunda-feira, uma operação policial na rua 706i, bairro Várzea, em Itapema, resultou na descoberta de um complexo esquema de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo com numeração suprimida e crimes contra a fauna silvestre.

A ação teve início após a guarnição ser acionada para atender a uma ocorrência envolvendo um cachorro que teria atacado um boi pertencente a um vizinho. O morador identificado como M. W. B. DE O., 27 anos, assumiu a responsabilidade pelo incidente e se comprometeu a arcar com as despesas.

Ao acionar o Grupo de Operações e Resgate (GOR) devido à situação dos animais, os policiais depararam-se com armadilhas para caça de tatu próximo ao canil e um freezer contendo um tatu abatido. Durante a averiguação, o morador foi questionado sobre esses utensílios, alegando que pertenciam a outro residente anterior a ele.

Ao ser perguntado se havia mais algo ilícito na residência, M. W. B. DE O. autorizou a entrada dos policiais, mas, de forma surpreendente, empreendeu fuga correndo e adentrando o matagal nas proximidades.

Diante da suspeita, a guarnição revistou o veículo aberto pelo morador, encontrando uma pochete contendo maconha, cocaína e R$500,00.

Ao adentrar a residência para averiguação, os policiais descobriram um arsenal de entorpecentes. Foram apreendidos 10 kg de maconha, 14g de cocaína, 4 comprimidos de ecstasy e aproximadamente 10g de outras substâncias anfetaminas.

Além disso, foram encontrados:

  • Uma pistola Glock 380 G25 municiada
  • Uma garrucha calibre 22
  • Um kit Roni recover
  • Um carregador de munição caracol marca Promag 9mm
  • Um carregador alongado com 40 munições da marca Etsgroup
  • Duas balanças de precisão
  • Diversas munições de calibres variados
  • R$501,40 em dinheiro
  • Uma nota de 20 dólares
  • Um taco de baseball
  • Uma faca com resquícios de maconha utilizada para dividir a droga em porções
  • Um smartphone Samsung
  • Um binóculo
  • Uma caixa de som da Philco Pcx20000
  • Três armadilhas para tatu
  • Três pássaros trinca-ferro
  • Dois pássaros coleira
  • Animais abatidos, incluindo um tubarão martelo, dez raias e um tatu

Os itens que configuram crime ambiental foram entregues à responsabilidade do GOR, enquanto os demais foram encaminhados à central de polícia civil. A operação visa desarticular uma rede criminosa que atuava de forma integrada em diferentes ilícitos. O caso será investigado minuciosamente para identificar outros envolvidos.

Por Daianny Camargo

Fonte: TopElegance

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.