Turma do Abrigo pode fechar por falta de verba em Franca, SP

Turma do Abrigo pode fechar por falta de verba em Franca, SP
A veterinária Marina Mello mostra um dos cãezinhos que estão alojados na Turma do Abrigo (Foto de: Divaldo Moreira/Comércio da Franca)

A Turma do Abrigo, associação que oferece tratamento para cães e gatos abandonados e de famílias de baixa renda há quase 16 anos em Franca, corre o risco de fechar suas portas em breve. Sem dinheiro suficiente para pagar sua dívida, que ultrapassa os R$ 75 mil, e bancar os gastos mensais, superiores a R$ 25 mil, o grupo está se mobilizando para continuar fornecendo atendimento aos animais.

As contas são diversas e as principais que têm deixado a entidade no vermelho são: pagamento de aluguel, impostos, medicamentos, água, energia elétrica, materiais hospitalares e a folha de pagamento dos quatro funcionários registrados que dão toda a assistência para os 13 cachorros e 5 gatos que moram na Turma do Abrigo e seguem à espera de um lar. O espaço para abrigá-los é improvisado mas, ali, na entidade, muitos deles conhecem o lado bom do ser humano e recebem carinho pela primeira vez. “Muitas pessoas trazem os animais de rua, maltratados, com a promessa de que vão arcar com as despesas e, pouco depois, desaparecem. Isso nos prejudica muito, pois temos mais despesas e nossa única ajuda vem de nossos voluntários”, disse a coordenadora da Turma do Abrigo, a veterinária Marina Mello.

A entidade, que oferece cirurgias de castração, ortopédicas, medicações e curativos e outros procedimentos veterinários, traz esses serviços a preço popular e não recebe nenhuma ajuda da Prefeitura de Franca. “Com o dinheiro dos atendimentos, cuidamos também animais de rua que sofrem acidentes. Assim, cobrimos 50% das nossas despesas. Mas, se a situação não mudar, não poderemos prosseguir com nosso trabalho, que é assistencial, e não lucrativo.”

Quem quiser conhecer e ajudar a Turma do Abrigo com remédios, ração, jornais e materiais de higiene e hospitalares, pode visitar a sede na rua Campos Salles, 1460. O contato pode ser feito também pelo telefone (16) 99125-9204 ou pela página da Turma do Abrigo no Facebook, onde é possível acompanhar o trabalho feito, os animais disponíveis para adoção e confirmar participação em eventos, como bazares e venda de alimentos para arrecadar dinheiro.

Por Marcella Murari

Fonte: GCN

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.