Tutor de cão vítima de maus-tratos é multado em R$ 3.000,00

Tutor de cão vítima de maus-tratos é multado em R$ 3.000,00

Os policiais militares ambientais Cabo Everaldo e Cabo Nilton receberam uma denuncias nesta terça (22) de que pela Rua Lúcio Bueno, Jardim Santa Madalena em Mogi Guaçu, em determinada residência um animal doméstico estava vivendo sobre maus-tratos, um cachorro passava fome e comia as próprias fezes para sobreviver.

No local foi contatada a veracidade dos fatos e feita a apreensão e remoção do animal a uma clínica veterinária para início imediato dos cuidados necessários ao cão.

Diante do exposto, foi elaborado o Auto de Infração Ambiental valorado em R$ 3.000,00 por “praticar ato de maus tratos contra a fauna doméstica” por violação do artigo 29 da Resolução SMA 48/14, cabendo salientar que será apurada pela Polícia Judiciária da área dos fatos a responsabilização penal nos termos do artigo 32 da Lei Federal 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

Fonte: Mogi Guaçu Acontece

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.