Tutor é preso por maus-tratos animal e cachorro é resgatado na zona rural de Ipiaçu, MG

Tutor é preso por maus-tratos animal e cachorro é resgatado na zona rural de Ipiaçu, MG

Nesta sexta-feira (29/01), a Polícia Militar de Meio Ambiente de Ituiutaba compareceu em uma propriedade Rural no município de Ipiaçu (MG), para verificar uma denúncia apontando maus-tratos contra um cachorro.

Ao chegar no local, os militares confirmaram a situação de maus-tratos em relação a uma cão  existente no imóvel. O animal de médio porte estava extremamente magro com água e comida precária. Ademais, o cachorro tinha um ferimento no pescoço e estava amarrado por corda no pescoço.

De acordo com a PMMA, o tutor do animal não apresentou nenhum documento que comprovasse o atendimento e acompanhamento do animal por um médico veterinário. Também foi verificado que no local dos fatos não tinha medicamento para tratar e diminuir o sofrimento do cãozinho.

Diante disto, foi dada voz de prisão em flagrante delito para o dono do cachorro, o qual foi conduzido e apresentado à Autoridade de Policia Judiciária para as providências cabíveis.

O crime de maus tratos está previsto no artigo 32, §1°-A, da Lei nº 9.605/98, que prevê pena de reclusão de 02 a 05 anos, multa e proibição da guarda.

As ações e omissões consideradas maus tratos estão previstas na Lei Estadual nº 22.231/2016.

O cachorro foi encaminhado inicialmente para Centro de Controle de Zoonoses – CCZ. O Ministério Público Estadual será comunicado.

Ainda durante as buscas na propriedade os militares localizaram um papagaio criado ilegalmente, o que configura também em Crime Ambiental. Mas por ele ter sinais notórios de domesticação, ficou depositado para o autor.

Como medida administrativa pelas infrações foi aplicada autuação no valor de R$ 13.015, 20.

Por Clésio Braga

Fonte: Canal Janela Aberta

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.