Tutor encontra cachorro sequestrado há seis meses em SP; Thor perdeu 29 kg

Tutor encontra cachorro sequestrado há seis meses em SP; Thor perdeu 29 kg
Arquivo Pessoal

O dogue alemão Thor finalmente voltou na quarta-feira passada (5/1) para o seu tutor, José Antônio Alves, de 43 anos, após ficar desaparecido por exatamente seis meses. Alves afirmou que cachorro foi sequestrado de sua empresa em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, em 5 de julho de 2021.

José relatou ao Métropoles que o animal de estimação ficava na sua indústria, que confecciona sacolas plásticas. “Só trabalhava eu e ele dentro da fábrica. Quando ele sumiu eu fiquei muito mal porque parecia que estava faltando um braço meu”, contou.

O tutor disse que chegou a registrar um boletim de ocorrência no site da polícia sobre o desaparecimento de Thor. José afirmou que vizinhos relataram que o cachorro foi levado por um homem em um carro, modelo Belina, da cor verde.

Durante os seis meses que Thor esteve longe de casa, o tutor fazia posts em grupos no Facebook e ofereceu uma recompensa de R$ 1 mil para quem o levasse até o animal de estimação.

Nesse período, o empreendedor fez buscas em cidades vizinhas, recebeu muitos trotes, informações incorretas e até tentativa de golpes. “Nunca deixei de ir atrás”, contou Alves.

Maus-tratos

Nesse começo de ano, um contato realmente o levou até o cachorro. José foi informado que homem que sequestrou Thor o soltou algum tempo depois, pois não conseguia arcar com os gastos do animal. Essa situação teria se repetido com outras pessoas que tentaram ficar com o dogue alemão.

“O importante é que eu trouxe o Thor de volta para casa e agora ele está se recuperando e ele vai ficar bonzinho”, disse José sobre o desfecho da história.

Thor, que vai completar seis anos de idade em julho, tem um metro de altura e pesava 76 quilos quando foi levado. No entanto, foi resgatado com machucados e pesando apenas 37 quilos. Por isso, ele ficou internado em uma clínica veterinária até domingo (9/1).

José afirmou que o animal de estimação continuará mais 15 dias na casa de sua avó para se recuperar completamente e depois voltará para a fábrica. “Ele é um amorzinho de pessoa, não faz mal para ninguém”, elogiou o tutor.

Cadela desaparecida

Infelizmente, a história de Pandora, que sumiu em 15/12 no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, ainda não teve o mesmo desfecho que Thor. A cadela continua desaparecida e o seu tutor Reinaldo Junior ainda está a sua procura.

Em 5/1, a Justiça determinou que a companhia aérea Gol contratasse um serviço de buscas para ajudar a encontrar o animal de estimação que escapou da caixa de transporte durante uma conexão de um voo de Recife para Navegantes.

Por Gabriela Marçal

Fonte: Metrópoles

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.