Tutora de cachorros infestados de carrapatos é solta com medidas cautelares

Tutora de cachorros infestados de carrapatos é solta com medidas cautelares
Animais estavam lotados de carrapatos, com ferimentos na pele e sem comida e água. (Divulgação/PCMS)

Lidiane dos Santos Silva, de 31 anos, foi solta após passar por audiência de custódia, a decisão aconteceu na tarde de ontem (2) o Juiz levou em consideração ela ter três filhos menores de idade e pelo fato de um deles ter Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Mas a pedido do Ministério Publico, Lidiane esta proibida de manter sob seus cuidados qualquer animal doméstico, enquanto não for provada a sua capacidade de mantê-los adequadamente, com os cuidados que lhe são devidos.

Isso porque foi citado um vínculo afetivo entre as crianças e os animais. Foi determinado para ela um prazo de dez dias para deixar o imóvel limpo para a visita e vistoria do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ)

A mulher foi presa na manhã da última quarta-feira (1º), em Campo Grande, após a equipe da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista (Decat) resgatar dois cachorros que estavam sendo vítimas de maus-tratos, além de estarem infestados de carrapatos e com ferimentos na pele.

O caso – No depoimento, a mulher questionou os policiais sobre a origem da denúncia e ficou sabendo que a informação foi anônima, mesmo assim, ela diz saber quem é o autor e promete se vingar. Irritada, passou a xingar os policiais.

Ela teria ainda apontado o dedo para o delegado Bruno Urban e gritado: “vocês são corruptos, começando por você”. Ela então recebeu voz de prisão por desacato e foi levada para a delegacia.

Fonte: CGNews via Idest

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.