Tutora procura gato em aeroporto de Barcelona há… 18 dias

Tutora procura gato em aeroporto de Barcelona há… 18 dias

Já lá vão 18 dias desde que o Itchi, um gato de 5 anos e meio, desapareceu no aeroporto de El Prat, em Barcelona, Espanha. A tutora, Andrea Barragán, de 26 anos, vivia com o Itchi há 5 anos em Manchester, mas, depois de perder o emprego, decidiu mudar de vida e regressou a Barcelona. Sem dinheiro para pagar os dois bilhetes, Andrea viajou sozinha, primeiro do que o seu gato, mas, depois, quando foi buscá-lo ao aeroporto a transportadora estava… partida e vazia.

“O Itchi viajou sozinho, desde Manchester, a 10 de março. Tive de voltar mais cedo para Espanha para encontrar trabalho e pagar o bilhete dele, mas não o vejo desde esse dia”, disse, ao site do ‘Público‘ espanhol, Andrea, que enquanto esteve sozinha em Barcelona deixou o Itchi aos cuidados de uma família no Reino Unido.

“Consegui arranjar cerca de 600 euros necessários para a viagem do Itchi. Mas quando fui buscá-lo ao aeroporto, ele não estava lá. Agora, simplesmente, não consigo dormir”, explicou Andrea, que durante o dia toma conta de crianças e, à noite, vai até ao aeroporto para procurar o Itchi.

No entanto, os seguranças do aeroporto não lhe dão acesso total ao local para procurar o gato, por uma questão de segurança, mas foram afixados vários cartazes com algumas fotografias. Foi também colocada uma câmara que filma todos os movimentos durante 24 horas por dia.

Mais de 15.000 pessoas já assinaram um abaixo-assinado para que a AENA permita a busca do felino, perdido quando um operário da Iberia “handling” o levava para o terminal. Monarch, Iberia Airport Services e AENA atribuem a culpa uns aos outros pela perda de Itchi.

Fonte: Revista Cães e Cia

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.