Tutores dão molhos apimentados para seus cães, postam vídeos e enfurecem veterinários

Tutores dão molhos apimentados para seus cães, postam vídeos e enfurecem veterinários
Tutores dão molhos apimentados para seus cães, postam vídeos e enfurecem veterinários (Foto: Reprodução/TikTok)

Uma nova “tendência” das redes sociais está deixando os veterinários furiosos: tutores estão dando pedaços de frango com molhos apimentados para seus cães para “ver a reação deles”.

Em um dos vídeos, publicado no TikTok, um cachorro está claramente desconfortável, mas continua a mastigar a coxa de frango coberta de molho devido ao seu amor inato pela carne. Outro vídeo mostra um cachorro dando uma lambida cautelosa antes de fugir em pânico enquanto seu tutor ri ao fundo.

A Blue Cross, uma das principais instituições de caridade de bem-estar animal do Reino Unido, disse que ficou “horrorizada” ao ver essa última tendência da mídia social. A pimenta malagueta pode causar pancreatite em cães, enquanto outros ingredientes como cebola e alho também são tóxicos para os cães.

“Embora a intenção seja fornecer ao seu animal de estimação o que eles consideram uma guloseima saborosa, isso pode causar-lhes muita dor e desconforto”, disse Alison Thomas, chefe dos Serviços Veterinários da Cruz Azul, ao site MailOnline.

“Nossos animais de estimação nunca devem comer alimentos picantes, pois podem causar indigestão severa, vômitos e diarréia”, acrescentou ela. “Alguns dos ingredientes em molhos como este, cebola e alho por exemplo, também podem causar danos e também nunca devem ser dados a animais de estimação.”

Um porta-voz da RSPCA também a criticou a tendência “muito irresponsável”, que poderia levar a distúrbios gastrointestinais, bem como dor e desconforto. “Infelizmente, estamos vendo cada vez mais conteúdo de mídia social que celebra o sofrimento animal, mesmo inadvertidamente, e pedimos aos donos que sempre considerem o impacto em seus animais de estimação”, disse o porta-voz ao site MailOnline.

Um porta-voz da TikTok disse ao MailOnline que não tolera a crueldade contra os animais e que a plataforma é um ‘espaço para expressão positiva e criativa’. “Agimos quando as questões são trazidas à nossa atenção”, disse o porta-voz. “Banimos vídeos dessa natureza e o conteúdo que retrata crueldade contra os animais será removido. Vamos continuar a monitorar esta situação para novos desenvolvimentos e tomar medidas sempre que necessário.”

Um veterinário nos Estados Unidos que posta no TikTok e no Instagram condenou as postagens. Seu vídeo postado no TikTok mostra um cachorro no hospital com pancreatite, cujo dono “apenas lhe dava mais e mais” molho picante.

“Então você conhece aquela tendência em que dá ao seu cachorro um pedaço de frango com molho apimentado só para ver qual é a reação dele?”, disse ele. “Agora ele está no hospital com pancreatite.”

“Eles continuaram dando a ele mais e mais porque eu acho que a reação dele foi simplesmente ‘tão engraçada’, mas agora ele está no hospital com pancreatite, então pare de fazer tendências com animais de estimação!’”, rebateu ele, indignado.

Fonte: Peté Pop

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.