Tutores de cão fazem-lhe lista de desejos depois de lhe descobrirem cancro

Tutores de cão fazem-lhe lista de desejos depois de lhe descobrirem cancro
Foto; Reprodução Metro UK.

Quando os tutores de Dexter souberam que este tinha um cancro, em maio, ficaram devastados.

O veterinário encontrou-lhe um nódulo do tamanho de uma bola de ping-pong no pescoço e diagnosticaram ao beagle de 14 anos um cancro esofágico.

Não sabendo se este conseguiria sobreviver ou não, os tutores decidiram criar-lhe um lista de desejos a concretizar antes de morrer.

“Poderíamos ter ficado sentados a pensar sobre a sua doença, mas ao invés pensámos em fazer uma série de coisas positivas antes que o seu dia chegasse”, disse.

Assim, na noite antes da sua operação, os tutores conceberam-lhe um jantar de três pratos, onde o vestiram a rigor com uma gravata. E desde então, já completou muitos outros desejos, tais como: tomar o pequeno-almoço na cama, foi a uma festa de gelados com outro amigos cães e andou de barco.

A lista ainda está longe de ser concluída.

Ao Metro UK, a tutora do animal revela que o nódulo foi removido com sucesso e que os médicos não vêem motivos para que Dexter não viva mais uns bons anos.

Mantida a grafia lusitana original.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.