Um dos irmãos que filmaram agressões a um cão agora é vítima da violência

Um dos irmãos que filmaram agressões a um cão agora é vítima da violência

Os dois irmãos deram-se como culpados de maus-tratos ao cão em tribunal.

Por Pedro Filipe Pina

Andrew, de 22 anos, e Daniel Frankish, de 19, são dois irmãos britânicos que ficaram conhecidos após espancarem um cão. O caso foi revelado após o cartão de memória em que o vídeo estava guardado ter ficado esquecido num supermercado.

O caso aconteceu em Cleveland, na Inglaterra, e a Real Sociedade para a Prevenção da Crueldade para com os Animais (RSPCA), uma organização britânica atenta à violência contra animais, diz mesmo que foi dos casos mais violentos de que já teve conhecimento.

O cão, de nome Baby, foi atirado por escadas abaixo, esganado, pontapeado e pisado. Os ferimentos foram de tal modo graves que teve mesmo de ser abatido. Nas imagens descobertas haveria ainda frases motivacionais entre os dois irmãos, a acompanhar as agressões ao animal.

Os dois irmãos foram descobertos e deram-se como culpados, ficando apenas com pena suspensa. Mais de 500 mil pessoas assinaram uma petição, em março, a pedir uma pena mais severa, recorda o Metro.

Os dois irmãos tiveram de contactar este mês as autoridades, após um deles ter sido espancado, adianta agora a mesma publicação.

A RSPCA, entretanto, aconselha as pessoas a evitar agir em ‘sede própria’, pedindo aos britânicos que, se souberem de casos de violência contra animais, informem as autoridades.

Recorde-se que recentemente em Portugal um outro caso ficou conhecido, após terem sido divulgadas imagens online de um homem a atirar um cão de uma ponte, na Cruz Quebrada.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.