Uma gata que ficou cega por negligência agora arrecada dinheiro para o resgate de animais

Uma gata que ficou cega por negligência agora arrecada dinheiro para o resgate de animais
Foto: @moetblindcat/Instagram

Uma gata tão negligenciada pelos tutores de um pet shop que ficou cega tomou conta da internet e agora arrecada dinheiro para santuários de animais.

Moet nasceu em Omã e passou os primeiros anos de sua vida em uma gaiola pequena e imunda em um país com pouca proteção aos direitos dos animais.

Ela foi terrivelmente maltratada, não lhe davam comida e água e sua saúde se deteriorou tão rápido que ela perdeu completamente a visão.

Mas a sorte de Moet mudou quando uma mulher a entregou a uma organização local, que foi forçada a remover os olhos em decomposição.

https://www.instagram.com/p/BzULr84Fxcz/?utm_source=ig_embed

Mas desde então a gata persa ganhou cada vez mais força e a organização reabilitou Moet e a transformou na gatinha fotogênica que ela é hoje.

Nova vida

A organização que salvou Moet, de um ano, encontrou o tutor perfeito para ela em Emily.

Quando Emily chegou ao centro de resgate, Moet ficou instantaneamente afeiçoada, e as duas se tornaram inseparáveis desde então.

A partir daí, as fotos impressionantes e a história comovente de Moet se tornaram virais e ajudaram a aumentar a conscientização e os fundos para muitas operações de resgate de animais em todo o mundo.

A gatinha persa agora tem seis anos,  mais de 30.000 seguidores no Twitter e 45.000 no Instagram.

https://www.instagram.com/p/B7bA4SIlS1v/?utm_source=ig_embed

“Responsabilidade”

Depois de ver o enorme sucesso de Moet, sua tutora Emily disse ao site The Metro: “Percebi que poderia fazer mais e senti um senso de responsabilidade em relação à conscientização que ela poderia criar.”

“Há muitos gatos cegos em abrigos que são eutanasiados desnecessariamente todos os anos porque as pessoas pensam que “não são adotáveis”. Simplesmente não é esse o caso, e é o que tentamos mostrar para que mais sejam adotados por lares amorosos e atenciosos.”

Emily começou a vender mercadorias de Moet, com todos os recursos doados para ajudar os animais abandonados de Omã.

“É importante lembrar que os gatos considerados com “necessidades especiais” são uma responsabilidade e podem exigir cuidados acima e além de um gato “normal”. Desde que as pessoas embarquem nisso com os olhos abertos (perdoem o trocadilho) e pelas razões certas, elas serão ricamente recompensadas”, acrescentou Emily.

Compartilhe este artigo para ajudar a aumentar a conscientização sobre as necessidades de animais de rua em todo o mundo. O que deve ser feito para ajudar os animais abandonados? Compartilhe seus pensamentos na seção de comentários abaixo!

Por Oli Gross / Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: Totally Vegan Buzz

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.