Ursa polar forçada a viver em uma jaula quente morre em zoológico mexicano

Yupik, a ursa polar, morreu depois de passar mais de 25 anos em uma jaula árida em um zoológico quente no México.

O zoológico Benito Juarez, na cidade de Morelia, no oeste do México, disse que Yupik morreu aos 27 anos devido a uma aorta rompida.

Ativistas dos direitos dos animais afirmaram no último dia 14 que as autoridades resistiram aos esforços para transferir Yupik do zoológico, onde as médias diárias de temperatura raramente ficam abaixo de 21 graus Celsius. Um zoológico britânico supostamente se ofereceu para dar a Yupik uma casa em um clima mais adequado.

O grupo ativista People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) disse que “Yupik definhou sozinha por mais de 25 anos em uma jaula árida em um zoológico decadente na beira da estrada”.

Yupik tinha uma piscina, mas as temperaturas eram muito altas e ela tinha pouco estímulo na estrutura de concreto.

Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: Associated Press via New York Post

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.