Urso enjaulado que abraça a si próprio por estresse vai ser resgatado de restaurante

Urso enjaulado que abraça a si próprio por estresse vai ser resgatado de restaurante

Tomi vive há dois anos em condições tão precárias que tem comportamentos estranhos: abraça-se a si próprio. Em outubro, o sofrimento do animal vai terminar.

Tomi, um urso que foi retirado do habitat e colocado numa jaula num restaurante há dois anos, vai finalmente ver-se livre da condição de ‘prisioneiro’.

A história contada pelo Metro dá conta de como a vida deste animal se tornou stressante, por ter sido retirado do seu ambiente natural e por estar submetido a uma jaula de seis metros de comprimento e três de largura. As condições são tão más que Tomi reage abraçando-se a si próprio, como é visível na fotografia.

Tomi foi capturado da natureza pelo dono do restaurante, que o colocou à entrada do estabelecimento de forma a atrair clientes.

Agora, uma petição online entregue na embaixada do país em Londres vai permitir resgatar o animal que se encontra ainda exposto perto de Tirana, na Albânia.

Em outubro deste ano, Tomi, de cinco anos, vai ser transferido para um santuário no Kosovo, onde estão outros ursos que também passaram por momentos de crueldade e onde vai receber todos os cuidados necessários.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.