Ursos polares são forçados a comer plástico

Ursos polares são forçados a comer plástico

Um cientista russo chamado Iván Mizin denunciou e alertou sobre as consequências em curto e longo prazos das mudanças climáticas, pois expôs a terrível realidade que os ursos polares tiveram que enfrentar antes do derretimento das geleiras.

“Quando os ursos polares visitam lixões perto de casas humanas, até 25% de seu conteúdo estomacal são resíduos de plástico, como sacolas, embalagens etc.”, disse ele em uma conferência.

Mizin alertou que a ingestão desses tipos de produtos pode causar envenenamento desses animais e, posteriormente, a morte.

Ele também acrescentou que os pássaros e mamíferos marinhos que habitam o Ártico também comem plástico.

Anteriormente, cientistas russos alertaram que a diminuição do gelo do Ártico obriga os ursos a abandonarem seu habitat em busca de comida perto de áreas povoadas. Tanto que, nos últimos meses, na Internet, vários vídeos viralizaram com os plantígrados vagando pelas cidades do Ártico russo.

Tradução de Thaís Perin Gasparindo

Fonte: Periódico Correo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.