Vaca leiteira resgatada teve seu melhor Valentine: ela poderá ficar com seu filhote!

Vaca leiteira resgatada teve seu melhor Valentine: ela poderá ficar com seu filhote!
Fotos: FreeHearts Animal Sanctuary/Facebook.

As vacas leiteiras nas fazendas industriais sofrem uma dor inimaginável, tanto física quanto emocional. Elas são, geralmente, forçadas a ficar prenhes (porque vacas leiteiras não produzem leite a menos que estejam prenhes, como o ser humano) e seus filhotes são retirados delas assim que nascem, para assegurar que eles não irão consumir nada do leite, que é destinado às pessoas. Os machos são vendidos como vitela ou criados para reprodução.

Mães vacas gritam de pura angústia quando seus filhotes lhes são retirados, algumas tenta perseguir os caminhões que os levam. Entretanto, há uma vaca sortuda no FreeHearts Animal Sanctuary, no nordeste da Tasmânia, que foi agraciada com a chance de criar seu filhote pela primeira vez!

Depois de três horas de um trabalho de parto difícil, assistido pelos tratadores do santuário, mamãe Beatrice deu à luz, no Valentine’s Day, (dia de São Valentim ou dia dos namorados) um lindo filhote chamado Luca. Que perfeito Valentine!

Luca significa “portador de luz” que é com certeza um nome adequado para este lindo bezerro.

Com os cuidados dos tratadores, Beatrice poderá criar seu filhote pela primeira vez na sua vida!

Fotos: FreeHearts Animal Sanctuary/Facebook.

Estamos muito felizes por Beatrice e desejamos a ela e Luca saúde e felicidades! Para ficar atualizado sobre esta maravilhosa dupla de mãe e filho, siga o FreeHearts Animal Sanctuary em sua página no Facebook.

Muitas pessoas não têm conhecimento da dor e tristeza que as vacas enfrentam na indústria comercial de laticínios, então compartilhe este artigo com seus amigos e familiares!

Por Natasha Brooks/ Tradução de Nilza Francisco da Silva

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.