Vaca transportada no porta-malas de carro surpreende motoristas na BR-101 em SC; vídeo

Vaca transportada no porta-malas de carro surpreende motoristas na BR-101 em SC; vídeo
Vídeo registrou vaca sendo transportada no porta-malas de um carro em SC (Foto: Reprodução, BC Mil Grau)

O vídeo de uma vaca sendo transportada no porta-malas de um carro tem circulado nas redes sociais desde o fim de semana. O caso ocorreu por volta das 9h de sábado (8), na fila da praça de pedágio da BR-101, em Porto Belo.

O registro foi feito por acaso. Um grupo de jovens que estava em um carro esperando para passar pelo pedágio filmava um acidente leve que havia ocorrido em uma das filas, entre um automóvel Citroen e um caminhão. Durante a gravação, um dos rapazes chama a atenção para a vaca que estava no porta-malas do automóvel à frente, um Ônix vermelho.

A reportagem não conseguiu confirmar quem foi o autor do vídeo, mas conversou com o motorista do caminhão envolvido no acidente que aparece nas imagens. Ele confirmou que o caso ocorreu na manhã de sábado, na praça de pedágio de Porto Belo, no Km 157 da BR-101, em SC.

– O rapaz que bateu atrás do caminhão desceu nervoso e eu tentei dizer para ele manter a calma. Conversando e pedindo para ele se acalmar eu nem vi a vaca passando. Quando eu cheguei em casa é que um colega me falou: “você setava tão concentrado no acidente que não viu a vaca passar”. E aí me mandou o vídeo no Whatsapp – contou o motorista do caminhão, Fabrício Alflen.

Nas redes sociais, o vídeo foi compartilhado por páginas de humor como a BC Mil Grau e despertou muitas reações – algumas com ironias sobre a situação, outras críticas à forma que o animal estava sendo transportado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a concessionária que administra a BR-101 informaram que não houve nenhum registro do caso.

Confira o vídeo:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Bcm1lgr4u (@bcm1lgr4u)

O que diz a lei

Por mais inusitado que a cena pareça, ela não tem uma punição específica no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O especialista em segurança no trânsito, Emerson Andrade, explica que nesses casos, durante uma abordagem, a orientação é acionar o órgão responsável pela fiscalização de transporte de animais, porque há uma legislação específica com regras e punições sobre esse tema (leia meia abaixo).

Além disso, um agente ou policial poderia considerar que o motorista não estaria tomando os cuidados indispensáveis – uma infração considerada leve, com multa de R$ 88 e três pontos na habilitação.

Cidasc vai buscar informações sobre o caso

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) é o órgão responsável por fiscalizar o transporte de animais no Estado. Ela informa que embora não tenha recebido nenhuma denúncia formal do caso, foi marcada em uma publicação do vídeo nas redes sociais.

O órgão informou que pretende tentar localizar proprietário do veículo para saber o que aconteceu. O médico veterinário Marcos Neves, coordenador estadual de trânsito e vigilância sanitária da Cidasc, afirma que o veículo é completamente inadequado para o transporte do animal.

– A legislação obriga que o veículo transportador seja adequado à espécie animal, com ventilação, carroceria, segurança, piso, e ali era um veículo de passeio, completamente inadequado. Além de tudo isso, tem a questão documental, se o animal transitou com a guia de trânsito animal, que também é uma exigência, com exames que são importantes – avaliou.

O transporte inadequado de animais pode gerar advertência, multa e até a apreensão do animal, conforme as circunstâncias do caso, segundo a Cidasc.

Por Jean Laurindo

Fonte: NSC Total

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.