Vacas, seres sencientes

Por Sônia T. Felipe

As vacas são seres sencientes, conscientes da separação forçada do seu bebê. Tomar leite e consumir laticínios inclui forçar as vacas a passarem por esse luto. O leite tirado delas não contém apenas pus, sangue, antibióticos, pesticidas, metais pesados, nitratos, nitritos, hormônios de crescimento. Contém a química do luto também.

Há muita gente ingerindo o luto da vaca. Há muita gente sentindo-se em luto todo tempo. Tudo o que ingerimos interfere em nossas emoções. Para dar cabo das emoções negativas é preciso abolir da dieta alimentos animalizados. Todos eles contêm a química do medo, da dor, do sofrimento, do pavor, da tristeza de não poder estar nem viver livre, da perda dos companheiros. Da agonia da dieta, da falta de sol, do mau cheiro vindo dos excrementos e urina depositados pelo solo. Do confinamento. Da aglomeração. A dieta abolicionista vegana nos livra de tudo isso. Livra nossas células dessa energia impregnada nos alimentos animalizados.

Coma alimentos da terra, das baraceiras, dos arbustos, das árvores. Deixe a vida dos animais em paz! Dê paz ao seu prato. Dê paz ao seu estômago. Dê paz à sua mente. Não se consegue essa paz atormentando e matando animais para comer. É certo comer ovos de galinhas agora livres, que a gente resgatou e cuida?


{article 105}{text}{/article}

Olhar Animal – www.olharanimal.org


Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.