Vamos fechar o ridículo circo itinerante que exibe golfinhos pulando através de aros em chamas

Quando vivem em paz no oceano, os golfinhos fazem shows fantásticos. Nós os vimos saltarem, girarem e virarem no ar. Pesquisadores têm observado de perto como golfinhos se comunicam e como poderiam potencialmente se comunicar conosco (uma ideia no mínimo interessante). E, é claro, nós vemos como famílias de golfinhos interagem umas com as outras, brincando e jogando água e basicamente divertindo-se muito.

Infelizmente, alguns humanos não se contentam em observar os golfinhos em seu habitat e, de forma egoísta, os afastam de suas famílias e os levam para parques marinhos ou circos itinerantes. No vídeo abaixo, golfinhos de um circo da Indonésia fazem truques grotescos incluindo pular através de um aro em chamas, pegar argolas em uma piscina e carregar bolas de basquete em suas barbatanas. No final do dia, eles são trancados em jaulas, um ato que estressaria qualquer animal, e são transportados para outro lugar onde terão que fazer tudo novamente.

Golfinhos merecem uma vida muito melhor que essa. Esses mamíferos marinhos são muito inteligentes e não gostam de tédio tanto quanto todo mundo. Quando são mantidos em cativeiro eles mostram comportamentos estereotipados desanimadores, tais como nadar em círculos repetidamente, estabelecer ordens hierárquicas e ficar parados na superfície da água ou no chão do aquário por períodos de tempo relativamente longos. Alguns golfinhos em cativeiro até acabaram com suas próprias vidas devido ao estresse e à depressão extremos.

Se esse vídeo lhe dá raiva e você acha que golfinhos merecem ficar no oceano ao qual pertencem, assine esta petição e juntos podemos ajudar a fechar esse circo itinerante ridículo!

Autor Veronica Chaves / Tradução de Carla Venturini

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.