Vários animais mutilados com violência em França. Polícia investiga

Vários animais mutilados com violência em França. Polícia investiga
Foto: Istock

As autoridades francesas estão no encalço dos responsáveis por uma série de mutilações feitas em animais, em vários pontos do país, nas últimas semanas. Pelo menos dois homens estão a ser procurados.


Os investigadores fizeram um especial aviso aos donos de cavalos e de burros, para que estejam vigilantes, uma vez que mais de uma dúzia destes animais foram feridos com gravidade ou mortos, diz a France Bleu.

 A polícia diz que os motivos por detrás destas selváticas mutilações são ainda um mistério e investigam uma possível ligação a rituais satânicos ou algum desafio criado na internet. Em muitos dos ataques, os animais são encontrados sem orelhas, sem olhos, com cortes nos músculos ou outras partes do corpo removidas.

Desde o início do ano, foram reportados, pelo menos, 15 ataques. A polícia está com dificuldade em relacionar os incidentes.

No caso mais recente, que ocorreu em Borgonha, na segunda-feira, o dono de um refúgio para animais teve que ser levado para o hospital, depois de ter confrontado dois homens que invadiram a sua propriedade e mutilaram dois poneis e um cavalo. Nicolas Demajean sofreu ferimentos num braço, mas encontra-se bem, de acordo com a imprensa local.

Demajean publicou imagens dos ferimentos – já depois de tratados – na página de Facebook do refúgio, chamado Ranch de L’Espoir, que acolhe cerca de uma centena de animais abandonados ou maltratados que foram recolhidos na vila de Villefranche-Saint-Phal, em Borgonha.

O homem disse à imprensa que acordou com o guinchar de dois porcos e que se deparou com um dos intrusos, que confrontou com a sua bengala, tendo sido cortado no braço com uma faca.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.