Veado-catingueiro é resgatado com as patas raladas dentro de creche em Guaíra, SP

Veado-catingueiro é resgatado com as patas raladas dentro de creche em Guaíra, SP
Veado é resgatado de dentro de creche em Guaíra (SP) — Foto: Guarda Civil Municipal/Divulgação

Um veado-catingueiro foi encontrado dentro de uma creche na manhã deste sábado (7), em Guaíra (SP), com ferimentos nas patas. O animal foi resgatado pela Guarda Civil Municipal (GCM) e levado à uma reserva ambiental na zona rural da cidade.

O bicho foi visto pela vizinhança do Centro de Educação Infantil (CEI) Waldemar Chubaci, localizada na Avenida 3, no bairro Aniceto. Os moradores pediram ajuda à GCM, que foi até o local para resgatar o animal por volta das 7h.

Os guardas pularam a grade da creche e passaram o animal por cima dela para chegar ao lado de fora. Em seguida, o veado foi levado até ao Zoológico Municipal. A bióloga da instituição orientou que a GCM o soltasse em uma reserva ambiental.

“Lá no zoológico não tinha um espaço bom para ele. Poderia estressar e até se ferir lá dentro, então nós soltamos ele”, conta o guarda Paulo Sérgio da Silva, que participou do resgate.

Veado é resgatado de dentro de creche é levado à reserva ambiental em Guaíra (SP) — Foto: Guarda Civil Municipal/Divulgação

Ferimentos
 
O veado foi encontrado com as patas raladas, mas os ferimentos eram leves e não impediram a soltura dele na reserva ambiental. Os guardas suspeitam que o animal tenha se ferido durante a madrugada, quando chegou à creche.

“Eu acho que ele estava fugindo de cachorro. A creche tem alambrado, mas este animal é fininho. Talvez, entre um espaço e outro, ele conseguiu passar. Só que depois não conseguiu sair”, diz Silva.

O guarda diz que animais selvagens são encontrados com frequência no perímetro urbano de Guaíra, mas as ocorrências se intensificaram nos últimos meses com o aumento nos focos de incêndio que surgem nas áreas verdes onde os bichos vivem.

“É muito animal que vem para cidade à noite, aí corre para lá, para cá, por conta de cachorro. Sempre acontece. É com tamanduá, capivara, jiboia, veado, onça. É a falta de área para eles”, afirma Silva. 

Veado é resgatado de dentro de creche em Guaíra (SP) — Foto: Guarda Civil Municipal/Divulgação

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.