Vegano paga um dinheirão em lagosta gigante apenas para libertá-la

Vegano paga um dinheirão em lagosta gigante apenas para libertá-la
Foto: Reprodução

Lagosta ainda é um prato caro e muito apreciado em restaurantes finos. Ainda assim, por mais delicioso que seja, este crustáceo é um animal.

Por isso, um ativista vegano decidiu gastar cerca de R$ 600 em uma lagosta gigante para devolvê-la ao mar.

A canadense Catherine MacDonald, dona da loja Alma Lobster Shop, contou que a lagosta vendida pesava 10 kg e media cerca de 120 cm.

“Era linda e muito grande. Minha filha a colocou ao lado de uma lagosta de 1 kg, que já é considerada grande. A menor era do tamanho da garra da maior”, contou ao jornal Metro Toronto.

Para MacDonald, a lagosta gigante tem cerca de 100 anos e nenhum predador natural.

O ativista vegano nem chegou a pegar o crustáceo. Ele pediu que o animal fosse solto ao seu ambiente natural.

MacDonald contou que a lagosta, que foi pescada na Baía de Fundy, no Canadá, voltou ao mesmo lugar, onde deve passar o resto de sua vida bem longe dos pratos de algum restaurante chique da região.


Nota do Olhar Animal: Em relação à senciência, critério que define a inclusão na esfera de consideração moral, lagostas possuem este atributo tanto quanto peixes, mamíferos e outros animais.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.