Vereador defende programa para animais abandonados em Cuiabá, MT

O vereador Dilemário Alencar (PROS) usou o tempo do grande expediente da Câmara Municipal na sessão desta terça-feira (21), para defender que seja debatida em audiência pública a proposta de projeto de lei de sua autoria que autoriza a Prefeitura de Cuiabá a criar o Programa Bem Estar Animal.ca

Pela proposta do vereador, o programa será desenvolvido através de uma unidade móvel equipada com mesa de cirurgia, aparelho de anestesia inalatória, balança para pesagem, entre outros equipamentos. A unidade funcionará com a presença de um médico veterinário, anestesista, assistente, motorista e uma equipe para distribuir cartilhas educativas sobre o bem estar animal e com a informação de um número de telefone para denúncias de maus tratos.

“Existem em Cuiabá mais de 11 mil cães e gatos abandonados. A nossa defesa é para que nossa cidade tenha um programa de controle reprodutivo de cães e gatos, combate e prevenção da leishmaniose e outras zoonoses, realizando vacinação, vermifugação, encoleiramento e o Registro Geral do Animal. Com o funcionamento da unidade móvel, a prefeitura poderá percorrer semanalmente os bairros para prestar assistência a animais criados por famílias de baixa renda, bem como os que estão sob os cuidados de Organizações Não Governamentais (ONG’s) e, ainda, os milhares abandonados”, explicou o vereador Dilemário.

O parlamentar informou ainda que no próximo dia 27 (segunda-feira), às 9 horas, na Câmara Municipal, será realizada uma audiência pública para debater políticas públicas em defesa dos animais. A audiência será presidida pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB) e contará com a presença da classe política, do Ministério Público, da Prefeitura de Cuiabá, de ONG’s e movimentos sociais ligadas a causa animal e de sua população em geral.

Fonte: Folhamax 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.