Vereador denuncia eutanásia irregular de animais em CCZ de Suzano, SP

Vereador denuncia eutanásia irregular de animais em CCZ de Suzano, SP

Pela segunda vez, em menos de três meses um vereador de Suzano voltou a denunciar a situação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em Suzano. Entre as irregularidades citadas por ele, estão a situação de abandono em que vivem os animais, suspeita de eutanásia sem necessidade e doenças. A Controladoria Geral do município disse que abriu auditoria para apurar todas as denúncias.

O cachorro da foto apresenta anemia e carrapatos. Já um pitbull tinha uma ferida que não cicatrizava. Segundo o vereador Lisandro Frederico, as imagens feitas por ele mostram a falta de tratamento em animais do Centro de Controle de Zoonoses de Suzano.

Desde o começo do ano, Lisandro diz que já retirou da unidade cinco cachorros em situação de abandono. “Temos um laudo que mostra que eram animais que não recebiam cuidados. Tinha um animal com orelha ferida e muita mosca perto, o que poderia piorar a situação dos animais.”

Em janeiro o vereador denunciou o abandono do local. Medicamentos vencidos, pouco espaço pra ração e equipamentos. Na época o novo secretário de Saúde disse que iria tomar providências pra melhorar o canil municipal.

Três meses depois, o mesmo vereador fez mais uma fiscalização depois de receber denúncias de novas irregularidades. Segundo ele, a lei continua não sendo cumprida. O vereador afirma que há suspeitas que animas estão sendo enterrados no local enquanto outros sofrem eutanásia sem que seja comprovada a devida necessidade do procedimento.

“O que me chamou a atenção foi a história de um cavalo ferido que estava vagando pelas redondezas e foi recolhido pelo CCZ. No local não há estrutura suficiente para abrigar o cavalo. Quando chegamos tivemos a notícia de que ele havia passado por eutanásia e, inclusive, sido enterrado no local, o que causa um problema ambiental já que o terreno não tem habilitação pra isso.”

As novas denúncias fizeram o vereador protocolar um documento na prefeitura pedindo melhorias urgentes pro CCZ.

O canil é o único da cidade. Seis agentes e dois veterinários cuidam do espaço que hoje abriga cerca de 53 cães. Depois de acionada pelo legislativo, a administração abriu uma auditoria pra fiscalizar todas as irregularidades denunciadas. “Temos que auditar, ver os números corretos, quanto, valor de ração, termos de medicamento, quantos animais, condições”, disse o secretário da Controladoria Geral.

Fonte: G1 (com informações da TV Diário)

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.