Vereadores recebem na Câmara grupo de proteção aos animais de Paraguaçu Paulista, SP

Vereadores recebem na Câmara grupo de proteção aos animais de Paraguaçu Paulista, SP

Na manhã de quarta-feira, 11 de janeiro, estiveram reunidos com os vereadores na Câmara Municipal os membros do Grupo “Amor de Vira Lata”, que trabalha em prol da proteção aos animais em nossa cidade.

Formado pelos membros Marcelo Gregorio, Flávia Pedroso, Danubia Leme e pelos advogados Bruno Perobeli e Carol Quadros, o grupo é mantido por recursos próprios e doações. Tem o objetivo de cuidar dos animais abandonados em Paraguaçu Paulista, ou mesmo daqueles que têm donos e, em casos de doenças ou acidentes, não possuem condições financeiras para tratar dos seus bichos de estimação.

Além de atender animais doentes, os membros do “Amor de Vira Lata” estão preocupados com o aumento do número de animais abandonados no município, motivo pelo qual, quando podem, fazem a castração dos mesmos, evitando a proliferação de bichinhos abandonados pelas ruas da cidade.

A reunião com os vereadores teve o intuito de mostrar aos representantes da população um pouco do trabalho do grupo, e qual a situação atual dos animais abandonados em nossa cidade, buscando juntos a solução para os problemas que envolvem esse tema.

Após algumas reivindicações e propostas dos membros do “Amor de Vira Lata”, os presentes elegeram Serginho, Josimar, Junior e Vitor, para que estes vereadores possam interceder junto aos órgãos do Poder Executivo, visando um auxílio para o importante trabalho desses cidadãos.

Estiveram presentes na reunião os vereadores Ian Salomão, Josimar Rodrigues, Junior Baptista, Luciana, Marcio da São José, Marinho Thimoteo, Neide Teodoro, Paraná, Serginho e Vitor Bini.

Para conhecer mais sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido por esse grupo, acesse a página “Grupo Amor de Vira Lata” no Facebook.

SP_Paraguacupaulista_reuniao_2

Por Leonardo Volcean – Assessoria de Imprensa da Câmara

Fonte: i7 Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.