Vetados passeios escolares ao Seaworld

Vetados passeios escolares ao Seaworld

Suspeitas de maus-tratos contra os animais fez com que uma universidade do Texas não realizasse uma tradicional visita ao parque.

Por Eder Corona / Tradução de Josy Apda

eua seaworld escolares1

Seaworld, o parque de diversões que tem diversos animais em cativeiro para o entretenimento do público foi vetado por uma universidade do Texas.

De acordo com o portal de notícias Orlando Sentinel, a Universidade Baylor, escola religiosa que pertence à igreja Batista e localizada em Waco, no Texas, suspendeu em 2015 o evento de verão que faria ao Seaworld San Antonio.

A instituição visita anualmente o local, no entanto as preocupações de abuso contra animais do parque, especialmente com as baleias e orcas em cativeiro, influenciaram na decisão de não comparecer ao local. “Nós como instituição cristã temos aqui uma oportunidade para fazer uma declaração”, comentou um dos diretores da universidade.

A instituição realizará seu evento escolar em um popular parque com jogos mecânicos.

Publicidade negativa

O Seaworld tem visto nos últimos anos um aumento na publicidade negativa para suas formas de entretenimento, especialmente com o lançamento do documentário “Blackfish”, que recolheu informações de ex-funcionários, biólogos e especialistas para demonstrar que os animais em cativeiro dos parque marinhos vivem sob condições de estresse que reduzem sua expectativa de vida.

O documentário sugere também que o ataque das orcas que causou a morte de treinadores foi devido a essas circunstâncias.

O Seaworld comprometeu-se a melhorar as condições de seus animais, porém não tem mostrado nenhuma intenção em libertá-los.

Fonte: ViveUSA

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.