Veterinária que cuidou de animal espancado, adota o bichinho: “1° Natal dele”

Veterinária que cuidou de animal espancado, adota o bichinho: “1° Natal dele”
A veterinária adotou o animal que havia sido espancado e deu a ele o melho Natal de todos! Foto: RSPCA via SWNS.

Uma veterinária se sensibilizou quando um animal espancado pelo ex-tutor chegou na sua clínica: ela cuidou do bichinho e o adotou, agora o cachorrinho teve o 1° Natal com muito amor e carinho!

Terry tinha apenas 12 semanas de idade quando fez xixi dentro de casa e foi atacado pelo seu antigo tutor. Levado para o Hull PDSA Animal Hospital, em Ontário, Canadá, foi atendido por Rachel Coombes, uma enfermeira de 42 anos.

Muito machucada, Rachel prometeu aos colegas que se Terry se recuperasse, ela lhe daria um lar. Quando o bichinho se recuperou, a enfermeira cumpriu a promessa. “Ele é tão adorável e é ótimo ver que agora ele tem uma casa que merece com uma família tão incrível”, disse a inspetora Laura Barber, que acompanhou de perto o caso.

Espancado ainda filhote

Terry era bem filhotinho quando foi vítima de maus-tratos.

O cachorrinho fez xixi no local errado e seu antigo tutor bateu muito nele.

O cachorrinho chegou ao veterinário em novembro de 2021 e depois de investigaram, viram que os lábios estavam machucados e alguns dentes quebrados.

Suspeitando que o cachorrinho havia sido vítima de espancamento, os profissionais acionaram a inspetora Laura Barber.

“Ele estava em um estado muito triste, muito quieto e retraído quando estava com as pessoas”, contou a mulher.

Anjo da guarda

Por sorte, a equipe do hospital veterinário cuidou muito bem do bichinho.

Em especial, Rachel Coombes, que criou uma conexão forte com Terry.

“Então, quando detectamos que ele estava respirando suavemente eu disse para a equipe ‘se ele sobreviver, eu vou adotá-lo”, e foi exatamente o que eu fiz”, disse a enfermeira.

Muito ferido, Terry demorou a se recuperar e aos pouquinhos foi ganhando novamente a confiança em humanos.

1° Natal feliz

Durante todo o processo de recuperação do animal, Rachel acompanhava de perto.

No ano passado, a enfermeira levou Terry para sua casa.

“Nós o recebemos perto do Natal, mas foi uma época muito agitada para ele e ele estava aprendendo a se adaptar”, explicou.

Agora, a família fez uma grande celebração adequada por tudo que o bichinho passou.

O cachorrinho também criou uma grande conexão com o filho da profissional.

“Ele formou um vínculo estreito com meu filho Stanley e sempre fica ao seu lado”, disse.

Ex-tutor julgado

Já o antigo tutor de Terry foi levado ao tribunal.

Ao admitir ter causado sofrimento desnecessário ao bichinho, foi proibido de criar animais por cinco anos.

Muito machucado quando chegou na clínica, Terry recebeu todo amor e carinho dos profissionais. Foto: RSPCA via SWNS.
Muito machucado quando chegou na clínica, Terry recebeu todo amor e carinho dos profissionais. Foto: RSPCA via SWNS.

Por Vitor Guerra

Fonte: Só Notícia Boa

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.