Veterinários antitaurinos emitem um manifesto onde criticam o papel dos profissionais da área nas festas taurinas

Tradução de Adriana Shinoda

Veterinários europeus que são contra as touradas criticaram o papel dos profissionais da área nestas festas. Assim, registraram através de um manifesto escrito durante um encontro europeu celebrado em Paris, segundo informou a Asociación de Veterinarios Abolicionistas de la Tauromaquia y del Maltrato Animal (AVATMA).

O professor Jean-François Courrau, que é membro do Colectivo de Veterinarios Franceses Anti Corrida (COVAC), critica a atitude de “cúmplices” de veterinários que participam dessas práticas e solicitou que o Conselho Geral de Escolas de Veterinários francês se posicione com relação a essas práticas.

Tanto o grupo francês como o espanhol concordam que a participação de veterinários nos festejos taurinos “atenta contra os princípios da profissão”. No manifesto, os veterinários que são contra as touradas criticaram o uso de animais para essas atividades. Como explicam, estas festas provocam nos animais “um intenso sofrimento físico e emocional”, entendendo ainda que as escolas de formação devem considerar todas as facetas da profissão, sendo necessário abrir um debate.

No mencionado encontro em Paris, participaram 2.600 veterinários que pertencem a organizações de países como Espanha (AVATMA), França (COVAC), Países Baixos (CAS Internacional) e Portugal (Associação Animal).

Fonte: La Vanguardia

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.