Veterinários curam os dentes de leões que são maltratados em circos

Veterinários curam os dentes de leões que são maltratados em circos

Um grupo de veterinários operou os leões King e Simba, que foram resgatados após sofrerem com a extração de dentes e garras sem anestesia.

Tradução de Júlia Andrade Lima

PERU leon1.jpg 1385095262

Uma equipe de veterinários de diversas nacionalidades extraiu na sexta-feira um par de dentes que estava aparentemente podre dos leões resgatados nos circos peruanos por uma organização internacional defensora dos animais.

O grupo é dirigido pelo veterinário estadounidense Peter Emily, que anestesiou o animal fazendo com que eles acabassem dormindo. King, tem 17 anos e Simba 7, ambos pesando aproximadamente mais de 160 kilos.

Emily, um profissional em cirurgias dentarias para animais selvagens e professor na faculdade veterinária de Colorado, disse á The Associated Press, que no passado, chegaram a realizar uma cirurgia em King, onde fizeram um pequeno buraco que vai desde o nariz até a boca, deixando um pedaço de ‘instrumento’ por lá. Ele ainda acrescentou, dizendo que o animal teria um dente muito infectado, por isso que havia uma grande quantidade de pus.

Depois de concluir a operacao, foi determinado que o animal deveria ser submetido a uma nova cirurgia nos próximos meses no Estados Unidos, em um santuário para animais selvagens localizado na cidade de Denver, Colorado, disse o veterinário peruano Jorge Hun.

PERU leon2.jpg 122906717

Os felinos formam parte dos 21 leoes que os ativistas que fazem parte do Animal Defenders International, em Los Angeles, resgataram em 2014, por viverem em péssimas condicoes nos circos no Peru.

“Nos circos, eles rompem os dentes, removem as garras, é um processo muito doloroso que raramente é utilizado anestesia, e mesmo aqueles que utilizam, não são profissionais da área” disse Eva Chomba, veterinária peruana da Animal Defenders International.

No caso de Simba, ele foi resgatado em um circo no estado de Ayacucho, com sinais de maus-tratos. Ativistas o encontraram sem garra nas patas traseiras e com os dentes quebrados.

PERU leon3.jpg 122906717

Os veterinários avaliaram nesse sábado os dentes de 26 macacos, também resgatados em circos peruanos, que serão levados para um santuário localizado no estado amazônico de Loreto. O Peru, em 2011, proibiu o uso de animais selvagens em circos, mas sua implementação e acompanhamento, na prática, ainda é lento.

Fonte: El Debate

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.