Veterinários prestam cuidados gratuitos aos animais dos sem-abrigo em Portugal

Veterinários prestam cuidados gratuitos aos animais dos sem-abrigo em Portugal

A Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) celebrou este mês um protocolo com as instituições de solidariedade social Comunidade Vida e Paz e o Centro de Apoio aos Sem-Abrigo (C.A.S.A) com o objetivo de apoiar os animais de companhia dos sem-abrigo de Lisboa e famílias em situação de vulnerabilidade social e económica, através da prestação de cuidados médico-veterinários e tratamentos gratuitos, promovendo assim a salvaguarda da Saúde e Bem-Estar Animal, bem como da Saúde Pública.

Portugal veterinarios cuidados gratuitos

Com esta parceria, a OMV compromete-se a contribuir para a missão da Comunidade Vida e Paz e do C.A.S.A. não só através da prestação dos cuidados básicos de saúde animal, mas também através do apoio ao controlo das populações animais através de cirurgias de esterilização e tratamentos do foro médico-cirúrgico veterinário.

No âmbito deste protocolo serão ainda identificados os locais onde os animais podem receber os cuidados, e providenciados, sempre que possível, medicamentos e alimentos para os animais.

O protocolo assinado entre a OMV e as instituições de solidariedade social no âmbito do projeto “Médicos Veterinários para a Sociedade – Vet Solidário”, assume grande importância dado o laço emocional que os sem-abrigo mantêm com os seus animais de companhia, muitas vezes a única relação afetiva que têm.

Este projeto pioneiro contará com o apoio de Médicos Veterinários, das Associações de Estudantes da FMV-UL e FMV-ULHT e dos voluntários da Comunidade Vida e Paz e C.A.S.A. Pretende-se ainda alargar o protocolo às cidades do Porto, Coimbra, Figueira da Foz, Faro e Madeira.

“Médicos Veterinários para a Sociedade – Vet Solidário”, é um projeto de solidariedade veterinária para com os mais desfavorecidos desenvolvido pela OMV, que atenta ao contexto atual de crise socioeconómica e às dificuldades sociais que muitas famílias com animais estão a viver na atual conjuntura, no sentido de promover a saúde pública, a saúde e bem-estar animal.

Fonte: Sapo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.