Ursa dorme em cama de feno em santuário de animais em Joanópolis — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos

VÍDEO: Após chegar do Piauí, ursa brinca em santuário em São Paulo

Um vídeo mostra a ursa Rowena – que ficou conhecida como ‘a ursa mais triste do mundo’ durante a campanha para transferência do animal – brincando no santuário de animais em Joanópolis (SP). Ela foi trazida do Piauí e chegou ao novo abrigo na madrugada de sábado (22). A gravação mostra ela brincando com uma bola de pilates. (veja vídeo abaixo)

VÍDEO: Ursa que veio do Piauí recebe cuidados em santuário em Joanópolis

De acordo com o diretor do santuário, Marcos Pompeu, a ursa tem reagido bem à adaptação ao novo espaço. “O que percebemos é que por causa do clima ameno ela está muito relaxada, dormindo bastante. Partiu dela o interesse por esse brinquedo que aparece no vídeo”, disse.

O diretor conta que um dos pontos favoritos da ursa na ‘nova casa’ é a cama, feita com base de madeira e forrada com feno. “Ela adora cama de feno. Ela puxa com a pata e arruma para dormir” explicou.

Rowena, que no antigo endereço se chamava Marsha, está em um recinto de 600 m² com piscina e caverna até a construção de um local definitivo. O diretor explica que ela foi rebatizada para marcar o começo de uma nova vida. Ele ainda conta que identificou dificuldade de visão e de locomoção naturais para a idade da ursa, que é considerada idosa.

“Um exame constatou que ela está com infestação de verminose grande. Vamos avaliar como fazer o tratamento da melhor forma”, disse.

Ursa está em santuário de animais em Joanópolis — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos
Ursa está em santuário de animais em Joanópolis — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos

Transferência

O transporte foi f em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e a ursa foi levada dentro de uma cabine climatizada especial. A ursa fez a viagem acordada e sem uso de sedativos.

O caso da ursa ganhou repercussão em novembro do ano passado, quando uma petição online pedia a transferência dela, alegando que a permanência do animal no Piauí seria prejudicial à saúde devido às altas temperaturas. O movimento ganhou adesão de artistas e ativistas da causa animal.

Ursa Marsha será transportada em avião da FAB — Foto: Andrê Nascimento/G1 PI
Ursa Marsha será transportada em avião da FAB — Foto: Andrê Nascimento/G1 PI

Histórico

A ursa viveu 25 anos no circo e há sete anos foi resgatada com mais três ursos, que viveram no zoológico até morrer. Ela foi apreendida em Caxias, no Maranhão, e doada ao parque de Teresina pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

No local, ela comia diariamente 15 quilos de frutas e verduras e três vezes por semana era alimentada com carne. Durante o período em que viveu no circo, a ursa foi acostumada a se alimentar de ração de cachorro. O alimento era usado por veterinários para poder atrair ela de um recinto para outro.

Ursa descansa em santuário de animais em Joanópolis — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos
Ursa descansa em santuário de animais em Joanópolis — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos
Ursa está em santuário de animais em Joanópolis — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos
Ursa está em santuário de animais em Joanópolis — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos
Ursa transferida para Joanópolis se alimenta de frutas — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos
Ursa transferida para Joanópolis se alimenta de frutas — Foto: Biga Pessoa/ Rancho dos Gnomos

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.