Vídeo: cadela adota porquinho e o amamenta em Santa Maria do Herval, RS

Vídeo: cadela adota porquinho e o amamenta em Santa Maria do Herval, RS
A cadela Mebi adotou o leitãozinho, dando lhe de mamar e, também, proteção (FOTO: Cleiton Zimer)

O amor, de fato, não tem gênero, cor e, tampouco raça. Se entre o ser humano isso as vezes é complicado de entender, o reino animal por sua vez mostra que amar, dar carinho, apoiar e proteger o outro é bem simples e, além de engrandecer à quem acolhe, também da uma nova oportunidade de vida e perspectiva para quem é acolhido.

E um exemplo disso está na propriedade do seu Círio Hansen, na localidade de Canto Becker, no interior de Santa Maria do Herval. Uma cachorra acolheu e adotou um leitãozinho que não podia ficar com sua mãe, por essa não ter tetos o suficiente para alimentar todas as crias.

Círio conta que a porca deu à luz a 15 filhotes. Dois infelizmente não sobreviveram. Assim, sobraram 13, mas, infelizmente, a leitoa somente tinha 12 tetos.

Para não perder o 13º, seu Círio teve uma grande ideia e que deu muito certo. A cachorra, que é carinhosamente chamada de “Mebi”, tinha dado à luz a dois cachorrinhos três semanas antes e, ele, então pensou em colocar o leitão que “sobrou” perto dela. “Coloquei o leitão perto dela e ele estava tremendo de frio; aí a cadela ergueu as patas e o cobriu ele para esquentá-lo. De repente o leitão começou a mamar nela e ela deixou. Foi incrível, o leitão ficou todo gordinho”, disse ele, feliz pela cachorra ter adotado o leitão que ainda permanece mamando nela.

A cadela Mebi já faz parta da família a muito tempo e, além de ajudar a proteger a propriedade rural da família, já está na sua segunda cria de cães e, dessa vez, também adotou um leitãozinho.

VEJA O VÍDEO FEITO PELA FAMÍLIA:

Fonte: O Diário

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.