Vídeo chocante mostra golfinho cativo escapando de um tanque minúsculo

Vídeo chocante mostra golfinho cativo escapando de um tanque minúsculo

Por Veronica Chavez / Tradução de Jade Medeiros

Perdemos as contas de quantas vezes animais marinhos mantidos em cativeiro expressaram para nós o quão infelizes ficam quando presos em tanques de parques marinhos. Orcas encalharam a si mesmas por períodos de tempo absurdamente longos, muitas morderam desesperadamente as grades dos tanques e algumas (vencidas pelo tédio) recorreram simplesmente a flutuar na superfície da água, estáticas. Animais marinhos mantidos em cativeiro, como orcas e golfinhos exibem este comportamento porque eles não são animais irracionais, eles são inteligentes, incrivelmente emotivos e capazes de medidas extremas, às vezes até suicidas, quando estão seriamente deprimidos. Apesar desses fatos, os parques marinhos insistem em manter essas criaturas perceptivas encarceradas.

Golfinhos não aguentam todo esse abuso parados, todavia. Por serem as criaturas inteligentes que são, às vezes contra-atacam os olhares fixos dos visitantes dos parques e até tentam fugir. No início de agosto, nós testemunhamos um golfinho arrancar um iPad de uma mulher que estava movendo-se gradualmente parra muito perto do tanque e, nesse caso, vimos um golfinho do Gulf World Marine Park, na cidade de Panama City Beach, Flórida, nos EUA, saltar para fora do tanque na frente de uma multidão de pessoas!

Nós diríamos que estamos surpresos com essa cena, mas não estamos… de modo algum. Os golfinhos são uma das criaturas mais inteligentes do mundo e são extremamente conscientes. Na natureza, eles têm vidas multifacetadas e ligações sociais profundas e emotivas com os membros de seu grupo. Golfinhos têm cérebros grandes e altamente desenvolvidos que os permitem aprender e a se ajustar ao entorno. Golfinhos também têm demonstrado a habilidade de imitar a fala e a vocalização humanas. O golfinho no vídeo acima está agindo da mesma maneira que qualquer ser humano que estivesse preso num tanque agiria – frustrado e desesperado para fugir.

Apesar de não podermos ir a parques marinhos para darmos nós mesmos a liberdade para essas lindas criaturas, ainda podemos ajudá-las a terem a libertação que merecem ao boicotar todos os parques marinhos e compartilhar vídeos como esse para promover a conscientização! Está em nossas mãos dar a essas espécies o respeito que elas merecem. É hora de #EmptyTheTanks (esvaziar os tanques)!

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.