Vídeo mostra alunos de veterinária cometendo maus-tratos contra porcos em MG

Vídeo mostra alunos de veterinária cometendo maus-tratos contra porcos em MG
UFLA apura denúncia contra estudantes acusados de maus-tratos a porcos em confraternização em MG — Foto: Reprodução / Redes Sociais

A Universidade Federal de Lavras vai investigar uma denúncia de maus-tratos a animais praticados por estudantes da Faculdade de Zootecnia e Medicina Veterinária. O vídeo foi divulgado na segunda-feira (18) nas redes sociais e a nota da instituição foi publicada nesta terça-feira (19).

VÍDEO: UFLA apura denúncia contra estudantes acusados de maus-tratos a porcos em confraternização

O vídeo foi gravado no Setor de Suinocultura. Nas imagens, é possível ver um rapaz com um copo de bebida na mão segurando os porcos pelas pernas e dando tapas nos animais. Em determinado momento, a mulher que está filmando pega um dos porquinhos no colo e o sacode até que ele grite.

O caso repercutiu nas redes sociais nesta segunda-feira. De acordo com a universidade, o vídeo teria sido filmado durante a confraternização de encerramento das atividades de um grupo, o que é comum na finalização de atividades letivas do ano.

A Atlética cujos estudantes pertenciam publicou uma nota repudiando qualquer ato de maus-tratos e informando a exclusão destes membros.

Por meio de nota, a Universidade Federal de Lavras disse que uma comissão foi nomeada para apurar os fatos por meio de um Processo Administrativo Disciplinar Discente (Padd) e será instaurada uma sindicância investigatória para apurar a responsabilidade e identificar a necessidade de responsabilizações.

A Polícia Civil informou na tarde desta terça-feira (19) que tomou ciência sobre o caso e apura os fatos.

Por Lara Silva

Fonte: g1


Nota do Olhar Animal: Boa parte dos cursos de veterinária ensinam que animais são objetos à disposição dos humanos para fazerem deles o que quiserem. O processo de dessensibilização é forte. Não surpreende que sejam recorrentes os maus-tratos de alunos de veterinária contra os animais, quando não o de veterinários formados.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.