Vídeo sobre maus-tratos a cão ganha destaque nacional e revolta população de Tubarão, SC

Vídeo sobre maus-tratos a cão ganha destaque nacional e revolta população de Tubarão, SC

Um ato de violência cometido por jovens contra um cachorro revoltou os moradores de Tubarão neste final de semana e ganhou destaque nacional por meio do programa Fantástico, da TV Globo.

SC tubarao agressaocao

O crime foi denunciado depois da divulgação de um vídeo no qual um jovem aparece na pista de skate do Centro da Cidade Azul agredindo um cachorro de rua que foi colocado no local e, exausto, não conseguia sair e tentava fugir do agressor, que batia no animal com uma muleta. Nas imagens, outros jovens aparecem estimulando o ato.

Depois de ser massivamente compartilhado, o vídeo revoltou a população. A Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Tubarão divulgou comunicado no Facebook anunciando que o caso já está sendo investigado e alguns dos jovens que estavam no vídeo já foram identificados e serão chamados para dar esclarecimentos.

A população realizou, por iniciativa da ONG Movimenta-Cão, uma manifestação em frente à pista de skate ontem, às 17h. Mais de cem pessoas se reuniram para pedir punição para os maus-tratos contra os animais. “A manifestação é totalmente pacífica, ordeira e sem nenhuma ligação partidária. Seu principal objetivo é combater os maus-tratos aos animais”, divulgou a Movimenta-Cão.

Com cartazes e camisetas, diversos defensores dos animais e populares andaram pela avenida Marcolino Martins Cabral. Skatistas também participaram do movimento, buscando mostrar que o ato não tem relação com o esporte. “Se eu visse uma coisa dessas, certamente faria algo para impedir. Esse absurdo não tem nada a ver com a prática do skate e foi um ato isolado de pessoas que não têm respeito com os animais e com a vida”, disse um dos skatistas que esteve presente no movimento.

Uma das preocupações da Movimenta-Cão foi não estimular mais atos de violência. “O objetivo é combater os maus-tratos aos animais. A ONG Movimenta-Cão não estimula qualquer tipo de violência contra o agressor, e sim reivindica que as autoridades tomem providências quanto ao fato ocorrido com o cão na pista de skate, pois é uma solicitação de toda a sociedade”, divulgou a ONG.
Até ontem não se tinha notícias sobre o paradeiro do cão, que conseguiu fugir depois que, como retrata o vídeo, uma mulher interferiu e pediu que os agressores parassem com os atos de violência.

Maus-tratos

A Lei Federal 9.605/98, dos Crimes Ambientais, prevê em seu artigo 32 pena para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, detenção de três meses a um ano e multa. A legislação prevê, ainda, que incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos. A pena é aumentada de um sexto a um terço se ocorre morte do animal.

Fonte: Criciúma News

Nota do Olhar Animal: O vídeo não está disponível na fonte original da notícia.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.