Vídeo: Um pai incita a uma criança a participar da violenta caça de um javali com cães

Ver para crer. Um homem leva a seus dois filhos (10 e 12 anos) a uma caçada e incita a um deles a participar da selvagem captura de um javali com cães famintos. AnimaNaturalis denunciou a JMER, de Albentosa (Taruel) junto à polícia autônoma da Catalunha, na Espanha, depois de receber cópia do vídeo.  

A organização defensora dos direitos dos animais colocou em mãos das autoridades o sucesso da denúncia já que abarca tanto a lei da Infância e da Adolescência de Aragón como a lei de proteção animal e de caça da comunidade. O menor que aparece no vídeo, além disto, se mostra assustado e soluça: “Faz você”. O pai lhe responde que aguente.

Maltrato animal

O denunciado também criou o javali caçado para adestrar aos cães para atacar violentamente. AnimaNaturalis defende que a “atividade a que estas crianças se veem obrigadas a participar é sem dúvida perigosa e entorpece seu desenvolvimento mental já que se trata de um espetáculo violento que se dá em um ambiente nada seguro”.

JMER, além disto, foi denunciado por criar e maltratar animais e sua própria propriedade já que conta com mais de 20 cães que mantém enjaulados a maior parte do dia. A associação explica que os cães vivem rodeados por seus próprios excrementos e são alimentados com pouca regularidade e com carne crua. Por isto são agressivos.

Criar para a caça

Assim mesmo, cria javalis e cervos vietnamitas aos quais mantêm enjaulados todo o dia em galpões industriais sem luz, nem comida. São criados para ensinar a seus cães a caçar, porque os cães famintos e agressivos são colocados junto a um javali ou cervo para que, entre todos, se deem uma dolorosa morte.

Por REDACCIÓN CRÓNICA GLOBAL @cronicaglobal

Tradução de Nelson Paim

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.