Vigias são afastados após morte de gatos em cemitério de Ribeirão Preto, SP

Vigias são afastados após morte de gatos em cemitério de Ribeirão Preto, SP

Desde 7 de junho, 34 animais foram achados mortos e mutilados na Saudade. Prefeitura apura o caso e polícia não descarta suposto ritual de magia negra

Por Adriano Oliveira

Vigias noturnos do Cemitério da Saudade em Ribeirão Preto (SP) são afastados depois que 14 gatos foram encontrados mortos e mutilados no local. Desde o início do mês, 34 felinos já foram achados nas mesmas condições dentro do cemitério.

A Polícia Civil investiga os crimes e não descarta a hipótese de que os animais tenham sido sacrificados em rituais de magia negra. As imagens das câmeras de segurança estão sendo analisadas pelo delegado Marcelo Veludo Garcia, que chefia a investigação.

Uma sindicância também foi instaurada pela Prefeitura para apurar as mortes. Questionada pelo G1, a administração municipal se negou a informar quantos funcionários foram afastados e por quanto tempo, e também se há suspeita de envolvimento deles nos crimes.

Uma nota publicada no site da Prefeitura informa que 14 gatos foram achados mortos dentro do cemitério na última terça-feira (14). Entretanto, a Delegacia do Idoso e dos animais ainda não havia registrado a denúncia até a manhã de segunda-feira (20).

Investigação

A primeira ocorrência desse tipo de crime foi constatada na manhã de 7 de julho, quando 20 animais foram achados mortos em três pontos do cemitério. Os corpos estavam sem coração e pulmões, e alguns tiveram as patas dianteiras amputadas.
O delegado afirmou que nenhuma câmera de segurança do local registrou os crimes, o que aumenta a suspeita de que os autores conheciam o funcionamento do cemitério. Todos os funcionários já prestaram depoimento.

“Nós estamos apurando, mas, até agora negativo, nenhuma informação. O que nós pudemos fazer, já foi feito. Vamos tentar levantar mais alguma coisa em relação a isso na vizinhança. Uma equipe de investigadores fez uma ronda e vai produzir um relatório a respeito”, afirmou.

Garcia não descartou a hipótese de que os gatos tenham sido mortos em rituais de magia negra. Entretanto, nenhuma pista dos suspeitos foi encontrada até o momento, segundo o delegado.

SP RibeiraoPreto vigias cemiterio morte gatos2

Fonte: G1

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.