Vinte cães encontrados presos em carrinhos de supermercado são resgatados na zona norte do Rio

Vinte cães encontrados presos em carrinhos de supermercado são resgatados na zona norte do Rio
Animais foram resgatados após denúncias de que estavam sem água e sem comida. Foto: Divulgação

Vinte cachorros foram encontrados amarrados em dois carrinhos de supermercado, nesta terça-feira (14), em Benfica, na zona norte do Rio. Os animais, sendo sete adultos e 13 filhotes, foram resgatados após mais de 30 chamados da população, solicitando a averiguação de maus-tratos no local.

Os animais resgatados foram encontrados com hipertermia sem água, sem comida, amarrados em dois carrinhos de supermercado embaixo do sol. O resgate foi feito por agentes da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa dos Animais.

Animais foram resgatados após denúncias de que estavam sem água e sem comida. Foto: Divulgação
Animais foram resgatados após denúncias de que estavam sem água e sem comida. Foto: Divulgação

“É inadmissível, deplorável a situação desses animais, amontoados em dois carrinhos de supermercado, nesse calor, debaixo do sol! Manter os animais presos é crime, privá-los de sombra, água e comida também!”, disse o secretário de Proteção Animal, Flávio Ganem .

Eles foram levados para o Centro de Proteção Animal Fazenda Modelo, em Guaratiba, na zona oeste do Rio, onde receberão todos os cuidados e em breve, serão colocados para adoção.

O homem de 52 anos que estava em posse dos animais, tem transtornos psicológicos, recusou o auxílio da secretaria de assistência social que estava no local, e negou o crime de maus-tratos.

O que é considerado maus-tratos?

Abandonar, manter acorrentado, manter em locais pequenos sem possibilidade de circulação, não oferecer assistência médica, não alimentar, não dar água, não abrigar do sol chuva ou frio, ferir, agredir, mutilar, manter em local insalubre, dentre outros.

Como denunciar?

Todas as solicitações de denúncia e resgate devem ser feitas através da central de atendimento do 1746.

Fonte: O Dia