Voluntários capixabas abrem as portas de casa para cuidar de animais carentes

Voluntários capixabas abrem as portas de casa para cuidar de animais carentes

ES GrandeVitória voluntarios abrem portas casa para cuidar animais carentes

Para muita gente, o amor aos animais ultrapassa os limites de ser dono ou não. Na Grande Vitória, por exemplo, um grupo de voluntários resgata cães e gatos de rua que precisam de tratamento e hospedam os bichos na própria casa.

É o caso de Dayane Maria Lameira, que atualmente abriga em sua casa oito cachorros e quatro felinos, todos retirados das ruas. Tanto amor pelos bichos a levou a fundar a União Protetora dos Animais no Estado. A ONG não mantém uma sede, um abrigo, e por isso conta com um grupo de voluntários que acolhem eles em casa, formando uma rede de solidariedade.

“Há mais ou menos sete anos a gente faz esse trabalho voluntário: resgata animais abandonados, geralmente vítimas de atropelamentos, maus tratos ou acidentes”, contou Dayane.

Além de atenção e carinho, os animais precisam de cuidados, como consultas periódicas com veterinários e remédios. Atualmente, cinco dos animais que Dayane abriga estão em tratamento e isso tem um custo que ela não consegue arcar sozinha. É aí que entra em cena a ajuda dos amigos e da família.

O que algumas pessoas não sabem é que todo animal precisa de remédios de rotina, que não podem faltar de maneira alguma. A prevenção e a orientação de um especialista são cruciais para a boa saúde dos bichos.

“A rotina começa com a vacinação e vermifugação dos filhotes, não para por aí. Os animais adultos precisam de acompanhamento para prevenir doenças futuras, como tratamentos contra vermes e exames de sangue periódicos para evitar doenças futuras, reforçou a veterinária Karine Quadros.

Fonte: Folha Vitória

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.