Voluntários criam grupo para cuidar de gatos encontrados em situação de maus-tratos, em Ponta Grossa, PR

Voluntários criam grupo para cuidar de gatos encontrados em situação de maus-tratos, em Ponta Grossa, PR
Gatos foram encaminhados para espaço no Crar. — Foto: Alceu Nievola/RPC Ponta Grossa 

Membros de grupos e organizações não-governamentais (ONGs) que cuidam de animais em risco se uniram para cuidar de gatos encontrados em situação de maus-tratos, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná.

Vídeo: Gatos encontrados em situação de maus-tratos podem ser adotados em Ponta Grossa.

Cerca de 300 animais foram encontrados no fim de janeiro em uma casa do bairro Contorno. A Polícia Ambiental chegou afirmar que 380 gatos estavam na residência.

Para cuidar dos animais, os voluntários criaram o Grupo de Auxílio aos Resgatinhos (GAR). Os integrantes formaram uma força-tarefa para conseguir ração, recursos e tratamento para os gatos.

Cerca de 60 animais que foram retirados da casa já passaram pelo grupo. Agora, os voluntários estão encaminhando os gatos para a adoção.

O caso

A Polícia Ambiental e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente vistoriaram a casa onde estavam os gatos no dia 31 de janeiro. A ação aconteceu após denúncias de mau cheiro no local.

Segundo a prefeitura, foi necessário um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça, já que técnicos foram impedidos de fazer a visita na casa três vezes.

No dia do cumprimento do mandado, a proprietária da casa foi levada para a Delegacia de Polícia Civil, onde assinou um termo circunstanciado.

O Centro de Referência para Animais de Risco (Crar) informou os gatos não estavam sendo agredidos, mas que a situação de maus-tratos se configurou por haver um grande número de animais em um ambiente pequeno.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.