Zoofilia leva ‘Fogoio’ para a cadeia em Curionópolis, SP

Zoofilia leva ‘Fogoio’ para a cadeia em Curionópolis, SP
Foto: Reprodução

Um caso de zoofilia chocou Curionópolis e região neste final de semana: Junior Alves de Sousa, vulgo “Fogoio” teria sido avistado tendo relações sexuais com uma cadela em terreno baldio próximo ao Teatro Municipal, na Avenida Maranhão, na noite de domingo (29).

Ele foi flagrado por Erika Souza Diniz, integrante da Associação de Proteção Animal e ao Meio Ambiente (Apama), ONG que atua pela causa animal em Parauapebas e região. O Portal Correio de Carajás teve acesso ao depoimento cedido por Erika à polícia.

Segundo o relato da depoente, Fogoio teria usado uma sacola e um pano para prender o animal. Pessoas que costumam frequentar uma lanchonete no perímetro, onde Erika se encontrava, comentaram com ela que já haviam visto o homem por aquele terreno abandonado, com a mesma intenção de praticar zoofilia.

Erika acionou os demais integrantes da Apama e convocou outros cidadãos para confrontar Fogoio. Um deles atingiu o homem com um cabo de vassoura ao ter alegadamente o flagrado no ato.

Fogoio teria tentado fugir, mas foi seguido pelo grupo de pessoas até outro bar, onde foi abordado pela polícia e conduzido até a Delegacia Municipal de Curionópolis. Junior Alves de Sousa foi autuado em flagrante por maus tratos e transferido para o sistema prisional do município.

Por Juliano Corrêa

Fonte: Correio de Carajás

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.