Zoonose amplia atendimentos em São Vicente (SP) com 'tarifa' voluntária

Zoonose amplia atendimentos em São Vicente (SP) com ‘tarifa’ voluntária

Recursos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) passarão a ajudar animais em São Vicente. Por meio de uma ‘tarifa’ voluntária nos carnês, verbas são arrecadadas e doadas para o Fundo Municipal de Proteção aos Animais (Fumpa).

Os impostos contribuíram para que o Fumpa comprasse materiais cirúrgicos a serem utilizados no atendimento aos animais do Departamento de Controle de Zoonoses de São Vicente (Dezoon).

Entre os materiais comprados para a realização das cirurgias veterinárias, estão ganchos para castração, tesouras, calhas cirúrgicas de inox e duas máquinas para tosa. Além disso, foi arrecadada, desde 2018, a quantia de R$ 60 mil, que será utilizada para inaugurar em agosto o Consultório de Proteção Animal na Área Continental.

O novo espaço permitirá que a quantidade de atendimentos aumente, passando para dez consultas diárias e 200 castrações por mês.

De acordo com a Prefeitura de São Vicente, dos 100 mil carnês emitidos na cidade, um total de 2% aderiu à campanha. A tarifa é anual e tem o valor de R$ 15. Também é possível depositar qualquer quantia em uma agência do Banco do Brasil. Pelo IPTU, o vencimento é no dia 10 de fevereiro, mas é possível solicitar uma segunda via no site da prefeitura.

Fonte: A Tribuna

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.