Zoonoses se prepara para vacinar 135 mil cães e gatos contra raiva no Piauí

Zoonoses se prepara para vacinar 135 mil cães e gatos contra raiva no Piauí

A FMS está treinando os voluntários que vão atuar no dia da imunização, que na zona urbana da cidade acontecerá em 12 de setembro.

Por Natanael Souza

PI vacina caes gatos

A Gerência de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde (FMS) já está se articulando para a campanha de vacinação contra raiva. A imunização na zona urbana acontece no dia 12 de setembro e a meta é imunizar mais de 135 mil cães e gatos na capital. 

Para garantir o atendimento em todos os postos no dia da vacinação, a Gerência de Zoonoses (Gezoon) está cadastrando e treinando voluntários. São 713 vagas abertas à população em geral para vacinadores e 459 para anotadores. “Todo ano recrutamos alguns voluntários para compor o quadro de vacinação, tendo em vista que o número de funcionários que nós temos não é suficiente para suprir toda demanda da capital, que possui 376 postos de vacinação”, explica o médico veterinário João Pereira, coordenador do programa de raiva e leishmaniose da Gezoon. 

Os voluntários participam de treinamento com os técnicos da Gerência de Zoonoses, onde aprendem a forma correta de manipular e aplicar a vacina. “Os treinamentos acontecem às quartas e sextas, nos turnos da manhã e tarde. A pessoa faz o cadastro e já escolhe o dia de fazer o treinamento”, explica João Pereira. 

As inscrições e os treinamentos acontecem até o preenchimento total das vagas. Os voluntários selecionados recebem uma quantia de R$ 76,25 para custear o descolamento até o local de vacinação. 

Os interessados em fazer o cadastro devem se dirigir até a sede da Gerência, no bairro Matadouro, zona Norte de Teresina, portando os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência. Também é necessário possuir conta corrente no Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal. 

Na zona urbana, o Dia D de vacinação contra a raiva acontece em 12 de setembro. Já na zona rural Norte e Leste, a mobilização acontece no dia 26 de novembro, e no dia 3 de outubro na zona rural Sul e Sudeste. Os voluntários selecionados vão atuar apenas na área urbana.

Começa reforma do Centro de Zoonoses 

A reforma do Centro de Zoonoses iniciou nesta semana. O prédio, localizado no bairro Matadouro, zona Norte de Teresina, existe há mais de 20 anos, mas essa é a primeira reforma que acontece em sua estrutura. Nos últimos anos, apenas alguns reparos pontuais tinham sido realizados. 

Na primeira parte da reforma, toda a área destinada aos animais vai ser reestruturada. As grades, piso e as telhas vão ser substituídos. A sala de eutanásia vai ser recuperada e a instalação elétrica vai ser trocada. A segunda parte inclui a reforma e melhoria das salas da parte administrativa do prédio. 

“Emergencialmente, tivemos que fazer essa reforma, porque a nossa estrutura está muito precária, o que prejudicava o atendimento aos animais e o trabalho dos funcionários. O objetivo é oferecer um melhor serviço para a população e melhorar o bem-estar dos animais que chegam”, explica o gerente interino do Centro de Zoonoses, Joaquim Gomes. Durante a reforma, o recolhimento de animais e os procedimentos de eutanásia vão ficar suspensos. 

“Durante a primeira fase da reforma, não teremos condições de receber animais, pois não teríamos onde abrigá -los. Os boxes estão passando por adequações e o movimento intenso de trabalhadores também ia atrapalhar o tratamento e recuperação dos animais”, explica. 

A obra está orçada em aproximadamente R$ 165 mil e tem duração prevista de 60 dias. “A nossa intenção é acelerar o trabalho para que o atendimento aos animais seja reestabelecido o mais rápido possível. Esperamos que em 30 dias a reforma dos boxes dos animais seja concluída”, afirma Joaquim Gomes.

Fonte: Portal O Dia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.