Coletador de bezerros machos é preso por maus-tratos após ser flagrado transportando 55 animais

Coletador de bezerros machos é preso por maus-tratos após ser flagrado transportando 55 animais
Dentro do caminhão com placa de Serra do Salitre, alguns bezerros já não tinham forças para ficar de pé.

Um homem que trabalha como coletador de bezerros machos foi conduzido até a delegacia na tarde desta segunda-feira (16) por maus tratos. Régis Adriano de Faria, 38 anos, estava transportando 55 animais sem os devidos cuidados. Dentro do caminhão com placa de Serra do Salitre, alguns bezerros já não tinham forças para ficar de pé.

De acordo com o Sub Tenente Edson, o infrator estava fazendo a transferência de alguns animais para uma pick up Fiat/Strada no entroncamento da BR352 com a BR365, quando os policiais começaram a fiscalização. Como o veículo, estava com a documentação vencida, ele foi removido até o pátio credenciado do Detran.

Os policiais então se dirigiram para a propriedade dele no Brejo Bonito. Lá, ele já havia saído para buscar mais animais. Quando voltavam, o caminhão foi parado quando foi constatado o crime. O policial informou que não verificou o tratamento dos animais, sendo que alguns estavam bastante fracos, custando a se manterem de pé. Os outros já desfaleciam. 

O caminhão com os 55 bezerros foi trazido para Patos de Minas para as demais providências. De acordo com o militar, Régis estava deixando os animais sem se alimentar até que a carga fosse completada e assim pudesse transportar para os frigoríficos. O responsável relatou que possui as notas fiscais dos animais que são fornecidos por produtores de leite. 

Por Farley Rocha 

Fonte: Patos Hoje


Nota do Olhar Animal: Estas são mais vítimas da indústria de laticínios. Os bezerros machos são descartados como lixo e, os que não morrem na origem ou no transporte, são enviados para o abate. Abate aliás que também é o destino de vacas exploradas na produção do leite quando estas encerram seu período produtivo. O CONSUMO de leite e derivados provoca imenso sofrimento, até mais que o de carne.

Investigação revela a crueldade que está em um copo de leite

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.