Suspeito de maltratar pit bull será notificado na segunda (27), segundo presidente da Comissão de Bem Estar Animal da OAB-AL

O suspeito que foi preso em flagrante após maltratar um pitbull nesta sexta-feira (24) foi liberado. A informação foi repassada pela Rosana Jambo, presidente da Comissão de Bem Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL), neste sábado (25).

Segundo Rosana, a Comissão irá notificar o agressor, que não teve a identidade divulgada, nesta segunda-feira (27). “Ele deve responder também, em sede administrativa na OAB, para cobrir todos os gastos com o animal e será processado criminalmente por maus tratos como foi lavrado no Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)”, explicou.

O animal, de acordo com Rosana, teria sido arrastado pelo dono do bairro do Tabuleiro dos Martins, nas proximidades da Polícia Rodoviária Federal de Alagoas (PRF/AL) até o bairro do Mutange, nas proximidades do Instituto de Meio Ambiente (IMA).

“O animal não aguentou por exaustão e já estava quase tendo uma parada cardíaca. As patas estavam todas feridas e o animal ensanguentado”, declarou a presidente.

Ao falar sobre a liberação do agressor, Rosana contou que “a lei ainda é muito branda. A votação do projeto ainda está no Senado e, se tiver aprovação, esses criminosos por maus tratos já vão responder de modo preventivo na cadeia”.

Por Polyana Lima (estagiária sob supervisão da editoria)

Fonte: Cada Minuto

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.