Vereador promove audiência para discutir cuidados com animais em Porto Velho, RO

368
Vereador promove audiência para discutir cuidados com animais em Porto Velho, RO

Marcada para o próximo dia 10, a audiência promovida pelo vereador Professor Aleks Palitot, reunirá no plenário da Câmara Municipal da capital, representantes dos poderes públicos e sociedade civil organizada para tratarem de questões relativas a políticas públicas para animais.

Uma iniciativa inédita e um esforço conjunto que envolve o Legislativo Municipal, Executivo, Ministério Público e Organizações Não Governamentais em prol da defesa dos direitos dos animais e que encontra força em simpatizantes da causa em vários níveis e hierarquias sociais, a audiência pretende definir os balizas legais no município.

“Durante a primeira reunião procuramos entender o que é prioridade no momento para as instituições que trabalham na linha de frente no acolhimento de animais de rua na capital”, explica o vereador, um adepto da causa.

Poderes

Atenta a causa, a primeira dama Ieda Chaves, que esteve presente na reunião inicial afirmou que a atual administração municipal é bastante sensível a esta causa que é um pedido da população. “Além de recolher e cuidar dos animais devemos conscientizar a população acerca das questões dos animais”, ressaltou a primeira dama.

Todos os esforços estão voltados para uma ação imediata, mas de longo prazo onde devem ser trabalhadas duas vertentes, uma cultural para evitar o abandono dos animais e outra deve pensar os dispositivos legais para coibir a prática, analisa a Promotora Dra. Aidee Maria Mozer.

Para a Titular da 6° Promotoria de Justiça, a saúde humana é outro aspecto em que a população está exposta. “Estamos em uma capital e é preocupante ver a quantidade de animais abandonados nos bairros periféricos de Porto Velho”, observa.

“O projeto de castração é um item para auxiliar na solução do problema, porém não resolve a questão do abandono. É preciso conscientização por parte da população e uma medida que pode vim em conjunto é a chipagem para o acompanhamento do animal, em conjunto com regras que penalizem o abandono destes”, esclarece o Veterinário do Centro de Zoonoses Municipal, Alexandre Farahildes.

De acordo com Palitot “a sociedade deve estar organizada para que se possa iniciar o diálogo e necessitamos de legislação para estabelecer as regras. Este é um marco de uma causa trabalhosa e que não é muito popular, pois incomoda e por isso queremos convocar os simpatizantes desta causa para que compareçam às 15 horas do dia 10 de março no plenário da Câmara Municipal.”, convida o vereador.

Fonte: Rondonia ao vivo

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.