Baleia jubarte é encontrada em estado de decomposição boiando próximo do Porto de Aratu, em Salvador — Foto: Naiá Braga/TV Bahia

Baleia-jubarte é encontrada boiando em estado de decomposição perto do Porto de Aratu

Uma baleia-jubarte foi encontrada boiando, em estado de decomposição, próximo do Porto de Aratu, entre Salvador e Candeias, na tarde desta terça-feira (3).

Segundo informações do Projeto Baleia Jubarte, existe a suspeita de que o animal seja o filhote de que foi visto ainda vivo, na última terça-feira (27), no bairro da Ribeira.

Os pesquisadores informaram que a carcaça do animal está sendo monitorada pelo projeto e já foi vista por moradores próximo da Ilha de Maré e da Praia de Inema. Conforme o Projeto Baleia Jubarte, o animal só vai passar por exames após encalhar na areia de alguma praia.

A jubarte foi encontrada por pescadores em alto mar e amarrada em uma boia usada para localização.

De acordo com o projeto, caçar baleias é proibido desde 1985. Antigamente era comum caçar esse animal para extrair o óleo.

Mais de 14 jubartes já foram encontradas mortas no litoral da Bahia em 2019. No ano passado, foram registrados 36 baleias mortas.

Na manhã desta terça-feira (3), outra baleia foi achada morta em uma praia da cidade de Caravelas, no sul da Bahia.

De acordo com o Projeto Baleia Jubarte, banhistas encontraram a carcaça do animal e acionaram os biólogos da instituição. Uma equipe foi deslocada para retirar a baleia da praia. Ainda não há informações sobre a causa da morte do animal.

Baleia estava boiando próximo do Porto de Aratu — Foto: Naiá Braga/TV Bahia

Baleia encontrada no subúrbio

Moradores reclamam de mau cheio e relatam medo de doenças — Foto: Phael Fernandes/G1 Bahia

A baleia, um animal adulto com cerca de 15 metros de comprimento e 39 toneladas, foi encontrada com vida, na sexta-feira (30). Os moradores tentaram ajudar jogando água nela, e equipes do Instituto Baleia Jubarte também prestaram atendimento, mas o animal morreu horas depois.

Um dia antes, outra jubarte já havia sido encontrada morta na praia de Plataforma, a cerca de oito quilômetros de Coutos.

No sábado, moradores chegaram a pegar pedaços de carne do animal, para consumo. Um vídeo divulgado em redes sociais mostram algumas pessoas fazendo um churrasco com a carne da baleia.

Por conta da decomposição do animal, moradores do entorno relataram muito mau cheiro e medo de doenças, na segunda-feira (2).

Ainda na segunda, o animal foi levado para a Praia de Tubarão, também na capital baiana. A transferência teve como objetivo facilitar a remoção completa da carcaça do animal para um aterro sanitário.

Temporada das baleias

Baleias jubartes em mar do sul da Bahia — Foto: Milton Marcondes/Projeto Baleia Jubarte

Uma estudo do Projeto Baleia Jubarte, que acompanha há 30 anos o período reprodutivo dos animais, estima que cerca de 20 mil baleias jubarte devem passar pelo litoral da Bahia na temporada de reprodução.

Segundo o projeto, a temporada ocorre entre os meses de julho e novembro. Elas saem da região da Antártida, que passa por um inverno rigoroso, e se aproximam do litoral brasileiro por causa das águas quentes. As aparições são mais comuns no sul do estado.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.