Cavalo é sacrificado depois de ser encontrado ferido em Santa Cruz do Sul, RS

Cavalo é sacrificado depois de ser encontrado ferido em Santa Cruz do Sul, RS
Animal foi encontrado no Bairro Santuário

Esta segunda-feira, 4, foi de tristeza para os ativistas da causa animal santa-cruzense, que presenciaram o sacrifício de um cavalo no Bairro Santuário, depois que o animal foi encontrado com graves ferimentos na cabeça. O cavalo foi localizado por integrantes da ONG Cavalo de Lata e pela presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz, Bruna Molz, que estava na área desde as 10 horas em busca do animal. Ela recebeu uma denúncia sobre a situação do equino.

Conforme informações preliminares, a área em que ele foi encontrado pertence à Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e é usada para tratamento de esgoto. No entanto, conforme Bruna, diversos animais são abandonados no local. “Isso aqui está virado em uma área de desova de animais. É triste que as pessoas desovam os animais, deixam para morrer, sendo comidos por larvas”, disse, emocionada em entrevista à Rádio Gazeta.

Contatada pela reportagem do Portal Gaz, a gerência local da Corsan informou que possui uma área no Bairro Santuário, que compreende a Estação de Tratamento de Esgoto (ETA) Pindorama, mas que não há a confirmação de que o caso tenha acontecido no local. Uma equipe da Corsan teria ido até a área e não encontrou nenhum vestígio da situação. A gerente local, Rosângela Freitas dos Santos, afirmou que irá contatar a Guarda Municipal nesta terça-feira.

Bruna Molz afirmou que irá entrar em contato com a Procuradoria do Município. A falta de supervisão na região, conforme Bruna, facilita o abandono de animais no terreno. “Infelizmente vai ficar impune, é mais uma vida que a gente perde e que vai ficar impune. Se não for feito alguma coisa, amanhã vai ter outro animal morrendo aqui.” Depois de ser examinado, o animal foi sacrificado através da eutanásia.

De acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação, a Prefeitura vai se reunir com a Corsan nos próximos dias para cobrar providências quanto ao fechamento da área, pertencente à companhia, e usada para tratamento de esgoto. No último semestre de 2018, ainda conforme a Secretaria Municipal de Comunicação, foram elaborados quatro autos com aplicação de multa por abandono e maus tratos contra animais. Além disso, foram realizados vários resgates de animais: 13 cães, 2 gatos e 14 equinos.

Fonte: GAZ