Dezenas de tamanduás são achados em ônibus no Vietnã

Dezenas de tamanduás são achados em ônibus no Vietnã

Dezenas de pangolins, um tipo de tamanduá asiático, foram encontrados desidratados e enfraquecidos em um ônibus no centro do Vietnã nesta segunda-feira (29), informaram as organizações policiais e de defesa animal locais. A suspeita é de contrabando de animais silvestres.

Trinta pangolins foram localizados em caixas e sacos dentro de um ônibus que circulava na província de Ha Tinh, no norte do Vietnã.

O motorista do ônibus e sua esposa foram presos por suspeita de tráfico de animais nativos do Laos.

Quatro dos animais já estavam mortos e os outros se encontravam em más condições, segundo Truong Van Truong, da ONG Save The Wildlife do Vietnã.

“A maioria estava desidratada e fraca porque os animais foram mantidos em um lugar fechado por muito tempo”, disse Truong Van Truong.

Os pangolins eram mantidos em sacos pelos traficantes de animais silvestres. — Foto: Save Vietnam’s Wildlife/AFP

Esse pequeno animal, que vive na Ásia e na África, é um dos mais traficados do mundo. Estima-se que um indivíduo seja capturado a cada cinco minutos, segundo dados do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês).

No Vietnã, a carne de pangolim é considerada um produto de luxo e suas escamas são usadas na medicina tradicional para tratar alergias e impotência.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.