Grupo de voluntários resgata cachorro com cabeça partida em Resende, RJ

Grupo de voluntários resgata cachorro com cabeça partida em Resende, RJ
Cachorro se recupera após cirurgia em Resende (Fotos: Reprodução/TV Rio Sul)

Um grupo de voluntários resgatou um cachorro com grave ferimento na cabeça no fim da noite de quarta-feira (26), em Resende, no Sul do Rio de Janeiro. O animal, que seria de rua, foi encontrado ensanguentado e com o crânio aberto na Rua 8, no bairro Jardim Beira Rio.

Ele foi levado a uma clínica veterinária, onde está sendo cuidado. De acordo com o laudo, o cão pode ter sido golpeado com muita força por um cutelo ou machadinha. O cachorro sofreu perda óssea entre 5 a 6 cm e exposição de massa encefálica. As informações são do Grupo de Proteção Animal – Latidos e Miados, criado em um aplicativo de mensagens por moradores da cidade preocupados com a causa, e que está custeando o tratamento do animal.

“Recebemos uma denúncia de que o cachorro estava gravemente ferido, perdendo muito sangue pela cabeça”, disse o bombeiro militar André Luís Bento, dono de seis cães, quatro deles resgatados. André é voluntário há pelo menos 10 anos.

O grupo recebe chamados sobre cachorros, gatos e também cavalos, que são vítimas maus-tratos e abandono. “Uma vez vi uma carcaça de cachorro no loteamento próximo ao bairro Jardim D’Oeste. Ele estava preso com uma corrente fixada no chão, para não conseguir fugir”, lamentou.

Uma página em uma rede social de um outro grupo, chamado “Amores de Rua”, também é usado para receber denúncias, doações e adoções, além de manter um bazar, onde o valor das vendas é revertido para ajudar os animais. “A gente orienta a não abandonar. Se a pessoa não quer mais o animal, a gente pede para ela tentar que o adotem, colocando nas redes socais e explicando os motivos, mas muitos preferem abandonar”, afirmou André, estimando que existam 7 mil cães abandonados no município.

Abandonar e maltratar animais é crime previsto na Lei de Crime Ambiental, com pena de detenção e multa. O caso foi registrado no início da noite desta quinta-feira (27) na 89ª Delegacia de Polícia (Resende). Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Cachorro se recupera de cirurgia em Resende

Por Lara Gilly e Luís Filipe Pereira

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.